Empresa responsável por helicóptero espera encontrar tripulantes com vida

Fonte Agência Brasil. 19/01/2010 às 13h

A empresa JVC Táxi Aéreo ainda espera encontrar com vida o piloto Silvar Apolinário, 69 anos, e o mecânico Gilson Jesus de Aquino, 51 anos, que desapareceram na última sexta-feira (15), depois de partir de Manaus no helicóptero modelo esquilo AS50, prefixo PT-HLE, com destino ao município de Tabatinga, no Sul do Amazonas. O diretor de operações da empresa, Alvair Costa, informou que o helicóptero foi solicitado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

“O piloto e o mecânico nem sabiam exatamente qual seria a missão, pois o serviço começaria em Lábrea. Eles estavam apenas fazendo o translado da aeronave”, explicou à Agência Brasil. “A hipótese é que eles tenham feito um pouso forçado. Não descartamos a possibilidade de encontrá-los bem, pois ambos são profissionais muito experientes na aviação”, incluiu Costa.

As buscas pelos dois desaparecidos vão continuar normalmente hoje (19) com o reforço de 1,5 mil litros de combustível e outros dois pilotos. Equipes da Força Aérea Brasileira (FAB), do esquadrão especializado em busca e salvamento de Campo Grande (MS) e da própria JVC Táxi Aéreo – responsável pela contratação dos pilotos – estão concentradas na região onde fica localizado o município de Canutama (a aproximadamente 620 quilômetros de Manaus). De acordo com a JVC, essa foi a área de onde o helicóptero emitiu o último sinal de contato com a torre de controle do voo.

De acordo com o diretor de operações da JVC Táxi Aéreo, o piloto Silvar Apolinário tem cerca de 30 anos de experiência em voos pela Amazônia. Apesar de morar no Rio de Janeiro, costuma prestar serviços na região amazônica com frequência. Ainda segundo Costa, a esposa e um dos filhos do piloto Apolinário estão em Manaus para acompanhar as ações de busca. O mecânico Gilson Jesus de Aquino é paraense, mas reside em Manaus. Ele é sargento de reserva da Marinha. Sua família também vive na capital do Amazonas onde acompanha o trabalho realizado.
 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 19/01/2010 ás 13h

Compartilhe

Empresa responsável por helicóptero espera encontrar tripulantes com vida