Em 'revanche', Argentina vence Alemanha por 4 a 2

Fonte ANSA 03/09/2014 às 19h

Times reeditaram final da Copa de 2014 em Düsseldorf

03 Setembro, 19:55•DÜSSELDORF•ZLR

(ANSA) - Menos de dois meses depois de decidirem a Copa do Mundo de 2014 no Maracanã, Alemanha e Argentina voltaram a se enfrentar nesta quarta-feira (3), em amistoso realizado em Düsseldorf. Derrotada naquela final de 13 de julho, a Albiceleste, sem Lionel Messi e com treinador novo (Tata Martino), foi a campo disposta a mostrar serviço. E não decepcionou.

Com show de Ángel Di María, a seleção sul-americana bateu os anfitriões por 4 a 2 e começou com o pé-direito seu novo ciclo para o Mundial de 2018. O primeiro gol saiu logo aos 20 minutos da etapa inicial. O meia do Manchester United cruzou na área para Sergio Agüero que, sozinho, não teve trabalho para marcar.

Aos 40, Di María foi acionado na linha de fundo e tocou para trás para Erik Lamela. O atacante do Tottenham emendou de primeira e ampliou o placar. Depois, já aos dois minutos do segundo tempo, Di María apareceu de novo. Ele cobrou falta na cabeça de Federico Fernández, que fez o terceiro.

Com três assistências na partida, o craque do Manchester precisava fazer o dele. Menos de cinco minutos depois, o meia recebeu na cara de Roman Weidenfeller e encobriu o goleiro do Borussia Dortmund com um toque de categoria.

Logo em seguida, André Schürrle aproveitou bate e rebate na área argentina e diminuiu para a Alemanha. Aos 32, Mario Götze chutou forte, a bola desviou em Federico Fernández e entrou, dando números finais ao placar.

O jogo também foi marcado por homenagens aos jogadores que se aposentaram da seleção alemã depois da Copa, como Miroslav Klose, maior artilheiro da história dos Mundiais, e o ex-capitão Philipp Lahm. Também houve um minuto de silêncio em memória do ex-presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA) Julio Grondona, morto em 30 de julho. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 03/09/2014 ás 19h

Compartilhe

Em 'revanche', Argentina vence Alemanha por 4 a 2