Em missa para Foley, Papa pede fim da violência

Fonte ANSA 25/08/2014 às 9h
Pontífice escreveu carta para celebração nos EUA.

25 Agosto, 08:46•ROMA•ZGT

(ANSA) - O papa Francisco enviou uma carta para uma missa celebrada em memória do jornalista James Foley neste domingo (24). Na mensagem, o Pontífice pediu orações "para o fim da violência insensata e pela paz e reconciliação entre todos os membros da família humana".



O líder da Igreja Católica também afirmou que está unido à dor dos familiares, amigos e colegas do jornalista e que está rezando pelas famílias.



A celebração, que ocorreu em New Hampshire, nos Estados Unidos, reuniu centenas de pessoas, entre amigos e parentes, que celebraram a memória do repórter que foi decapitado em frente às câmeras por membros do Estado Islâmico, que atuam no Iraque, na Síria e no Líbano.



Na sexta-feira (22), o Papa telefonou para os pais de Foley e disse ter ficado impressionado pela "grande fé" que a mãe do jornalista demonstrou.



James Foley, assim como seus pais, era católico praticante. O jornalista se formou em uma instituição jesuíta, a Marquette University, e recitava o rosário para suportar o cativeiro durante um sequestro precedente na Líbia. http://www.papafrancesconewsapp.com/por/ (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 25/08/2014 ás 9h

Compartilhe

Em missa para Foley, Papa pede fim da violência