Em declaração final, Comissão Bilateral Santa Sé-Israel cita vítimas do terremoto no Haiti

Fonte Ansa Flash. 20/01/2010 às 11h

A Comissão Bilateral Permanente de Trabalho entre a Santa Sé e o Estado de Israel, cuja reunião termina hoje, recordou as vítimas do terremoto do Haiti, comentou a visita do papa Bento XVI à sinagoga de Roma e pediu um maior empenho comum na defesa da Criação.

Em nota, o grupo aplaudiu as ações colocadas em prática a nível internacional em defesa da população caribenha atingida no último dia 12 por um sismo de 7 graus na escala Richter que deixou 75 mil mortos, 250 mil feridos e um milhão de desabrigados.

"Os membros da comissão expressaram sua oração pelas vítimas e pela recuperação dos sobreviventes, e aplaudiram os socorros internacionais e as ajudas pela reconstrução do Haiti", afirma o comunicado final do evento.

A delegação da Comissão da Santa Sé para as Relações Religiosas com o Judaísmo e os representantes do Grão-Rabinato de Israel para as Relações com a Igreja Católica citaram ainda a visita de Bento XVI à sinagoga da capital italiana, ocorrida neste domingo.

De acordo com a nota, o Papa "reafirmou categoricamente o compromisso da Igreja Católica e seu desejo de aprofundar o diálogo e a fraternidade com o Judaísmo e com o povo hebreu, segundo [a declaração] Nostra Aetate [sobre a Igreja e as religiões não-cristãs, publicada por Paulo VI em 1965], o consequente magistério e em particular o de João Paulo II [1978-2005]".

A comissão também faz um apelo pelo compromisso comum em defesa da Criação e para que a pesquisa científica e o desenvolvimento avancem "em estreita relação" com as direções ético-religiosas.

Ansa Flash.
Fonte Ansa Flash. 20/01/2010 ás 11h

Compartilhe

Em declaração final, Comissão Bilateral Santa Sé-Israel cita vítimas do terremoto no Haiti