Depen transfere 156 presos para a Região Centro-Oeste

Fonte Agência Brasil. 02/02/2010 às 14h

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça transfere, nas próximas semanas, 156 presos para a Região Centro-Oeste. A ação faz parte da Operação Retorno, que pretende transferir, até o fim de 2010, cerca de 1,4 mil presos que cumprem pena em estado diferente de onde cometeu o crime.

Dos 156 presos a serem transferidos, 18 vão para o Distrito Federal, 33 para Mato Grosso, 52 para Mato Grosso do Sul e 53 para Goiás. De acordo com o Depen, esses estados também vão encaminhar detentos a outros regiões, evitando o desequilíbrio da população carcerária.

Em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional, o diretor do Depen, Wilson Salles Damázio, disse que a transferência tem o objetivo de acelerar o processo de julgamento.

“O que acontece é que hoje nós temos uma média de 1,4 mil presos provisórios, que respondem a mandado de prisão em determinados estados e foram capturados em outros. O estado que o capturou não o leva para o estado de origem, nem o estado de origem vai buscá-lo”.

Segundo Damázio, esses processos ficam parados até por dois, três anos, quando o crime praticado, às vezes, é até de menor potencial ofensivo.

A Operação Retorno teve início em setembro do ano passado e já transferiu cerca de 100 presos com a ajuda da Polícia Federal e da Força Aérea. De todos os estados, São Paulo é o que mais receberá e o que mais enviará detentos. Segundo levantamento do Depen, o maior estado do país receberá 490 presos e encaminhará 455.

De acordo com o Depen, presos de alta periculosidade, como líderes de facções criminosas, que estão sob a guarda dos presídios federais não se enquadram na operação.
 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 02/02/2010 ás 14h

Compartilhe

Depen transfere 156 presos para a Região Centro-Oeste