Cursos de Direito conquistam nota máxima

Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 04/09/2014 às 9h

Cursos de Direito conquistam nota máxima

Bacharelados diurno e noturno receberam a mais alta pontuação na avaliação Inep/MEC. Graduações se consolidam entre as melhores do país.

A Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (FD/UnB) teve seus cursos considerados “excelentes” por consultores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, do Ministério da Educação (Inep/MEC). A avaliação foi feita após visita técnica para renovação de reconhecimento das graduações. Os bacharelados em Direito noturno e diurno receberam nota máxima, em uma escala que vai de 1 a 5, e se consolidam entre os melhores do país.

A análise considerou três dimensões dos cursos oferecidos pela UnB: corpo docente e tutorial, organização didático-pedagógica e infraestrutura. Um dos aspectos mais bem avaliados foi o corpo docente, pontuado com nota máxima pelos consultores. “Acredito que a nota seja reflexo da política de qualificação dos professores, que vem sendo implantada há alguns anos”, aponta o diretor da FD, George Galindo.
 

O corpo docente do curso é composto por 56 professores, sendo que destes 92,85% são doutores. “A dedicação desses profissionais também é um destaque. Temos um contingente muito alto de dedicação exclusiva”, diz o diretor. De acordo com os dados do Inep, 78% dos docentes da FD têm regime de trabalho em tempo integral, o restante, 22%, dedicam 20 horas semanais à instituição.

Mariana Costa/UnB Agência
Professor George Galindo

O relatório do Inep ressaltou, ainda, o projeto pedagógico do bacharelado. “Estamos implantando um novo currículo, bastante original pelo fato da diminuição da porcentagem de disciplinas obrigatórias”, anuncia. De acordo com Galindo, pouco mais de 50% das disciplinas da grade curricular serão obrigatórias. Uma mudança significativa, se comparado aos 90% aplicado no currículo atual.

Outra mudança anunciada pelo diretor da FD é a integralização do currículo com atividades complementares, de pesquisa e extensão, que serão obrigatórias aos graduandos. “Queremos dar um protagonismo maior aos estudantes, que terão que ter mais iniciativa para aprender”, explica.

As novidades devem alterar a rotina do corpo docente dos cursos de Direito da instituição. “O professor não perderá a importância, mas haverá uma reconfiguração de seu papel em relação ao processo de aquisição de conhecimento por parte dos estudantes”, defende.

A avaliação pelo Inep/ MEC dos cursos de Direito noturno e diurno foi realizada entre os dias 17 e 20 de agosto, na Faculdade de Direito. Os bacharelados já haviam recebido a nota máxima em avaliações anteriores. As últimas foram realizadas em dezembro de 2011 e junho de 2012.

Foto: LF Barcelos/UnB Agência

Secretaria de Comunicação da UnB
Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 04/09/2014 ás 9h

Compartilhe

Cursos de Direito conquistam nota máxima