Cristina Kirchiner defende restrição ao Dólar em meio à Crise Econômica

Fonte Ansa flash 06/06/2012 às 23h
BUENOS AIRES - A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, questionou hoje os que buscam pela via judicial a permissão para adquirir moeda estrangeira e anunciou que passará sua renda fixa de dólares para peso.

A mandatária disse que "se a dolarização tivesse vencido, os argentinos estariam todos mortos. O que me chama a atenção é que tenha comunicadores que pedem para dolarizar a economia".

"Se esquecem de tudo o que passou em 2001?", disse a presidente, em rede nacional, em referência a uma das piores crises econômicas do país, em momento em que havia paridade do peso e do dólar.

"Se esquecem que apenas neste mês de agosto vão cobrar o último vencimento dos títulos 2012 com os quais se engancharam porque não podiam pagá-los?", afirmou Cristina.

Além disso, ela antecipou que passará suas economias em dólares para pesos e convidou seus funcionários para seguirem esse exemplo.

O governo adotou medidas para restringir a compra de dólares com o fim de acumular moeda estrangeira no marco da crise econômica internacional.
Ansa flash
Fonte Ansa flash 06/06/2012 ás 23h

Compartilhe

Cristina Kirchiner defende restrição ao Dólar em meio à Crise Econômica