Crianças e adolescentes de até 14 anos são maiores vítimas de desidratação em SP

Fonte Agência Brasil. 28/12/2009 às 14h

Crianças e adolescentes de até 14 anos de idade lideram os casos de internação por desidratação em São Paulo. Levantamento divulgado hoje (28) pela Secretaria Estadual de Saúde revela que, das 3.401 internações decorrentes do problema este ano, 79% foram de pessoas nessa faixa etária.

A maioria dos casos ocorreu no verão, entre os meses de janeiro e abril, quando 1.438 atendimentos foram registrados.

Os principais sintomas da desidratação são sede, náusea, boca seca, fraqueza, desconforto geral, cansaço e, em casos mais graves, cãibras musculares, calafrios e vômitos.

Segundo a Secretaria de Saúde, para evitar a desidratação é importante ingerir bastante líquido e optar pelo uso de roupas mais leves.

Caso os sintomas de desidratação sejam percebidos, pode-se tomar o soro caseiro. Para prepará-lo, é preciso adicionar uma colher de café de sal e uma colher de sopa de açúcar a um litro de água mineral, filtrada ou fervida. O soro caseiro deve ser tomado em pequenas doses.

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 28/12/2009 ás 14h

Compartilhe

Crianças e adolescentes de até 14 anos são maiores vítimas de desidratação em SP