Crescimento do PIB no terceiro trimestre deve ser de 2%, antecipa Mantega.

Fonte Agência Brasil. 10/12/2009 às 13h

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje (9) que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB – a soma de tudo o que o país produz) no terceiro trimestre, a ser anunciado amanhã, deve ficar em 2%.

Mantega destacou que nos 12 meses encerrados em setembro (resultado anualizado) o crescimento é de 8%. Ele acrescentou que a expectativa para o resultado anualizado quarto trimestre do ano deve ficar no mesmo patamar de 8%.

Segundo Mantega, o mercado interno permitiu a recuperação rápida de economia, afetada pela crise financeira internacional do final do ano passado. Ele acrescentou que a indústria, o setor mais afetado em função da queda das exportações, já mostra plena recuperação, assim como os investimentos em bens de capital (compra de máquinas e equipamentos para o setor industrial).

Mantega também previu crescimento de 5% ou mais até 2014, o que ele considera um novo ciclo de crescimento econômico. Segundo ele, o país está saindo da crise com mais força e consolidando um novo patamar de desenvolvimento.

Para Mantega, esse ciclo também será impulsionado pela demanda doméstica. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio exterior, Miguel Jorge, propôs a criação de uma agenda pós-crise e uma agenda para o futuro.

Guido Mantega e Miguel Jorge participam da reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social.

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 10/12/2009 ás 13h

Compartilhe

Crescimento do PIB no terceiro trimestre deve ser de 2%, antecipa Mantega.