Crescimento do faturamento real da indústria indica que setor retoma atividades

Fonte Agência Brasil. 21/01/2010 às 12h

O faturamento real (sem considerar as características sazonais) da indústria cresceu 1,3% em novembro do ano passado, na comparação com outubro, o que mostra o reaquecimento do setor. Na comparação com o mesmo período de 2008, a expansão foi de 8,4%. O total de horas trabalhadas aumentou 2,6% em relação a outubro.

A taxa de emprego mostrou crescimento de 0,8% em relação ao mês anterior. Apesar da alta, a taxa de emprego na indústria está 3,5% abaixo do período pré-crise, em setembro de 2008. Os dados constam dos Indicadores Industriais divulgados hoje (21) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Outro indicador que mostra bom desempenho é a massa salarial, que cresceu 8,7% em novembro na relação com o mês anterior. Na comparação com o mesmo período do ano anterior houve um crescimento de 1,5%.

Em novembro, a indústria trabalhou com 82,7% da capacidade instalada. Foi o quinto mês em que o indicador apresentou resultado positivo. Na comparação com o mesmo período do ano anterior houve alta de 4 pontos percentuais.

O gerente de políticas econômicas da CNI, Flávio Castelo Branco, disse que a indústria está retomando suas atividades.

“Após três meses consecutivos de variação positiva podemos afirmar que o processo de retomada do crescimento já está instalado”, afirmou.

Segundo Castelo Branco, “depois de um ano da crise o setor industrial mostra essa tendência, mas isso não significa que superamos a crise”.

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 21/01/2010 ás 12h

Compartilhe

Crescimento do faturamento real da indústria indica que setor retoma atividades