CPI do Tráfico de Pessoas ouve subprocuradora-geral da República

Fonte Agência Câmara de Notícias 11/06/2012 às 14h

 

 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas no Brasil realizará, nesta terça-feira (12), audiência pública para ouvir a subprocuradora-geral da República, Ella Wiecko Volkmer de Castilho.

De acordo com a subprocuradora-geral, a legislação brasileira não está de plena conformidade com a definição do Protocolo para a Prevenção, Repressão e Punição do Tráfico de Pessoas, especialmente Mulheres e Crianças, Adicional à Convenção do Crime Organizado Transnacional (Convenção de Palermo).

Para o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), mulheres jovens, em sua grande maioria com idade entre 18 e 21 anos, solteiras e com baixo nível de escolaridade, constituem o filão de uma das atividades criminosas mais cruéis: o tráfico de pessoas.

“Mediante promessas de uma vida mais digna, com oportunidades de trabalho no exterior ou até mesmo de casamento com estrangeiros, os aliciadores, homens instruídos, comerciantes ou empresários do ramo do espetáculo, agências matrimoniais, bares, agências de turismo ou de modelos, convencem as vítimas a abandonar seus países de origem para irem ao encontro de um ideal que custará nada menos que sua liberdade”, denuncia Jordy.

A reunião será realizada às 10h, no Plenário 11.

Agência Câmara de Notícias
Fonte Agência Câmara de Notícias 11/06/2012 ás 14h

Compartilhe

CPI do Tráfico de Pessoas ouve subprocuradora-geral da República