Copenhague: Obama cobra acordo sobre o clima, mesmo que não seja perfeito

Fonte Agência Brasil. 18/12/2009 às 12h

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou hoje (18) que a 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15) precisa chegar a um acordo contra o aquecimento global, ainda que o documento não seja perfeito.

“Seremos todos mais fortes e estaremos mais seguros se agirmos juntos”, disse durante o encerramento do encontro. Ele reforçou o compromisso norte-americano de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 17% até 2020 e em mais de 80% até 2050.

No discurso, Obama pediu transparência e cobrou mecanismos de controle capazes de conferir se as metas de redução anunciadas em Copenhague (Dinamarca) serão cumpridas. Ele defendeu ainda o financiamento a países em desenvolvimento para que eles se adaptem às mudanças climáticas.

“Mitigação, transparência e financiamento”, disse o presidente norte-americano, ao se referir à uma espécie de “fórmula certa” que envolva princípios comuns, mas responsabilidades diferenciadas de cada país. “Não temos tempo a perder. Os Estados Unidos já fizeram sua escolha, fizemos nossos comprometimentos e faremos o que estamos dizendo aqui”, acrescentou.

 

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 18/12/2009 ás 12h

Compartilhe

Copenhague: Obama cobra acordo sobre o clima, mesmo que não seja perfeito