Convênio para pesquisas forenses é firmado no DF

Fonte Agência Brasília 20/08/2014 às 20h


Valor total do contrato chega a R$ 7 milhões e viabilizará aquisição de equipamentos e concessão de bolsas de pesquisas

BRASÍLIA (20/8/14) - A Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) publicou no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (19) o extrato do convênio 01/2014, assinado com a Fundação de Peritos em Criminalística Ilaraine Acácio Acre (FPCIAA). O valor total do contrato chega a R$ 7 milhões, sendo R$ 5,6 milhões da FAPDF e, em contrapartida, R$ 1,4 milhão da Fundação de Peritos.



O propósito principal é estimular o desenvolvimento de pesquisas forenses no Distrito Federal por meio da execução dos Programas de Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação em Ciências Forenses no DF.



A parceria viabilizará a aquisição de equipamentos, concessão de bolsas de pesquisas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado, além da realização e participação em eventos científicos, entre outras ações.



VANTAGEM- De acordo com o pesquisador Charles Albert Andrade, da Fundação de Peritos e membro do Conselho Superior da FAPDF, trata-se de um convênio inédito com foco no segmento de segurança pública.



Andrade também alerta para o fato de que "existe uma deficiência na área, já que a ciência forense é uma ciência aplicada que usa outros ramos da pesquisa".



Na opinião do presidente da FPCIAA, Juliano de Andrade Gomes, o convênio contribuirá para o desenvolvimento do Distrito Federal e, consequentemente, do país. "Uma vez que a FAPDF fomenta a produção de tecnologia e conhecimento em segurança pública, o DF assume a posição de provedor, logo, o restante do Brasil poderá se beneficiar das novas metodologias", acrescentou Gomes.
Agência Brasília
Fonte Agência Brasília 20/08/2014 ás 20h

Compartilhe

Convênio para pesquisas forenses é firmado no DF