Congonhas volta a apresentar atrasos e cancelamentos em razão de nevoeiro

Fonte Agência Brasil 13/06/2012 às 11h

São Paulo – Pelo segundo dia consecutivo, o Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, teve hoje (13) alterações e cancelamentos de voos em decorrência de denso nevoeiro. Ontem, o aeroporto ficou fechado para pousos das 18h46 até o fechamento, às 23h. As decolagens foram suspensas por 20 minutos, a partir das 19h33.

No balanço do dia, 55 voos foram cancelados. Muitos passageiros dormiram no aeroporto e em hotéis nas imediações do terminal. Quem não embarcou ontem retornou na manhã de hoje (13) e novamente encontrou atrasos e cancelamentos.

A administradora Bruna Maia chegou a São Paulo ontem de manhã para uma reunião e pretendia voltar para o Rio de Janeiro às 19h, mas teve que retornar ao aeroporto hoje para conseguir embarcar. “Não consegui hotel e tive que me hospedar na casa de um amigo. A companhia não deu nenhuma assistência. O voo mais cedo que consegui para o [Aeroporto] Santos Dumont é às 11h, mas tenho uma reunião às 9h. Peguei um voo mais cedo para o Galeão, mas a empresa não sabe informar se ele vai atrasar. É realmente complicado”, relatou.

O boletim da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) mostra que até as 9h de hoje dos 50 voos previstos, 11 sofreram atraso e 13 foram cancelados. Congonhas está operando com o auxílio de instrumentos. Diariamente passam pelo aeroporto, em média, 46 mil passageiros, segundo a empresa.

Um dos voos cancelados foi o do engenheiro Jocilei Oliveira. Ele iria embarcar para o Aeroporto Tancredo Neves, em Belo Horizonte, às 10h. “Nos informaram que o próximo voo é somente às 13h, mas a reunião de que vou participar é justamente nesse horário”, explica. A companhia sugeriu que o cliente pode pedir reembolso ou remarcar a passagem, mas Jocilei avalia que o prejuízo pode ser maior que o financeiro. “Tinha uma reunião com um cliente e vou precisar cancelar”, declarou.

No Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, os cancelamentos atingiram 16,7% dos voos, de acordo com a Infraero, desde a zero hora de ontem. Dos 66 voos previstos, nove sofreram atrasos acima de 30 minutos. Na última meia hora, no entanto, não há registro de voos com atraso.

O nevoeiro também afetou o funcionamento do aeroporto na manhã de ontem. Um avião que iria pousar em Congonhas teve que aterrissar no terminal de Viracopos, em Campinas. Quatro voos, dois deles internacionais, tiveram de ser desviados para outros terminais. Um avião procedente de Lima, no Peru, pousou em Viracopos e outro, vindo de Paris, aterrissou na pista do Galeão, no Rio.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 13/06/2012 ás 11h

Compartilhe

Congonhas volta a apresentar atrasos e cancelamentos em razão de nevoeiro