Conferência cria minicidade modelo para direitos da infância e adolescência .

Fonte Agência Brasil. 07/12/2009 às 16h

Os ministros Paulo Vannuchi (Direitos Humanos), Dilma Rousseff (Casa Civil), Patrus Ananias (Desenvolvimento Social), José Pimentel (Previdência Social) e Nilcéa Freire (Políticas para as Mulheres) participarão hoje (7) às 18h, em Brasília, da abertura da 8ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A conferência tem como objetivo elaborar até a próxima quinta-feira (10) um plano de dez anos para a política nacional de promoção, proteção e defesa dos direitos para a população infanto-juvenil. Cerca de 1,8 mil delegados de todo o país, entre eles 600 crianças e adolescentes, estarão reunidos no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Ao lado do local onde será realizada a conferência (no estacionamento do estádio Mané Garrincha), o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) e a Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH) ergueram uma Cidade dos Direitos para a visitação de até 8 mil meninos e meninas atendidos por programas sociais do DF, estudantes do ensino fundamental e médio. Segundo a secretaria, 30 escolas visitarão à Cidade dos Direitos.

A Cidade dos Direitos ocupa uma área de 3,2 mil metros quadrados, um modelo de cidade onde funcionam todas as instituições responsáveis pela defesa e promoção dos direitos das crianças e adolescentes, como a prefeitura, os conselhos de tutela e de direitos, o Ministério Público, a Vara da Infância e da Juventude, a Defensoria Pública e a delegacia de proteção especial.

O espaço também conta com lan house, oficinas de rádio e TV, a Praça de Direitos, a Escola Cidadã e o Espaço Cultura e Diversidade. A Cidade dos Direitos funciona em dois turnos, das 8h30 às 12 horas e das 13h às 17h30.

Cerca de 300 pessoas trabalham na minicidade, entre artistas, professores, psicólogos, juízes, delegados, guardas municipais e conselheiros. A Cidade dos Direitos é financiada pelo Conanda, Petrobras, Banco do Brasil e Fundação Telefônica.

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 07/12/2009 ás 16h

Compartilhe

Conferência cria minicidade modelo para direitos da infância e adolescência .