Como aliviar as dores da primeira dentição do bebê

Fonte Core Comunicação 19/06/2015 às 23h

Mordedores, estímulos na gengiva e alimentos mais frios amenizam o desconforto, conforme indicação do especialista em saúde bucal e Estomatologia, Dr. Sérgio Kignel

 O surgimento da primeira dentição do bebê, na fase entre seis e 12 meses de vida, geralmente é acompanhado por sintomas como irritabilidade, excesso de saliva, inchaço na região da gengiva, alteração no apetite e até mesmo febre leve. O nascimento dos dentes posteriores (molares) acontece entre os 18 e 36 meses e só a partir dos seis anos é que os decíduos, mais conhecidos como dentes-de-leite, irão cair para dar espaço aos permanentes. 

Para aliviar os incômodos da primeira dentição, mordedores de silicone devem ser oferecidos ao bebê e, periodicamente, podem ser levados à geladeira, pois temperaturas mais frias anestesiam a região. Alimentos gelados também amenizam as dores, mas devem ser administrados com moderação, pois o bebê está com a imunidade em desenvolvimento e o excesso de frio favorece o aparecimento de infecções. 

Nesse momento, a limpeza diária é fundamental. “Desde os primeiros dias de vida, a cavidade bucal do recém-nascido deve ser higienizada com gazes umedecidas. Na fase de introdução de alimentos, dedeiras de silicone podem ser utilizadas para escovação e alívio das coceiras na gengiva. Além disso, a criança já aprende desde cedo a importância do asseio bucal”, aconselha o Dr. Sergio Kignel. 

Em casos mais extremos, o médico pediatra é o mais indicado para receitar analgésicos ou pomadas tópicas. O ideal é não utilizar medicação sem prescrição, pois, sem a avaliação do peso e idade do bebê, alguns componentes podem provocar reações alérgicas e hemorrágicas. 

Sobre o Dr. Sérgio Kignel

O Dr. Sérgio Kignel é especialista em Estomatologia, professor titular de Semiologia da UNIARARAS e Mestre e Doutor em diagnóstico bucal pela FOUSP-SP, sendo considerado uma das mais respeitadas referências em diagnóstico oral no Brasil. 

À frente da tradicional Clínica Kignel, em São Paulo, o Dr. Sérgio é uma autoridade em neoplastias bucais, congressista nacional e internacional e autor de livros como “Diagnóstico Bucal” e “Estomatologia, base do diagnóstico para o clinico geral”, única obra de Odontologia a receber o 1º lugar do concurso Jabuti, em ciências da saúde. 

 

 

Core Comunicação
Fonte Core Comunicação 19/06/2015 ás 23h

Compartilhe

Como aliviar as dores da primeira dentição do bebê