Comentário Direto de Brasília - 17-03-2016

Fonte José Woitechumas 17/03/2016 às h

DIÁLOGO ENTRE DILMA E LULA MOSTRA INTENÇÃO DE BLINDAR EX-PRESIDENTE DAS AÇÕES DA POLÍCIA FEDERAL.

Meus caros ouvintes, leitores e telespectadores, não há nada que retrata tão bem o sentimento, tenho certeza, de milhões de brasileiros, do que o manifestado por um dileto amigo, dr. Ruy, profundo conhecedor do que é dignidade e honestidade: Vergonha! Não há outro sentimento a ser manifestado que não o de Vergonha. E não só pelo cinismo de sempre. A presidente Dilma renuncia ao poder, por absoluta incapacidade, incompetência de fazer a gestão do governo. Entrega ao seu guru, fazendo jus ao que ele disse: colocaria um poste em seu lugar. Como o poste não deu conta, volta o mentor e assume a Chefia da Casa Civil e, porque não, do governo. Repito o que disse ontem: quem vai conversar com o preposto, a coadjuvante, se pode falar com quem realmente manda? Mas até neste momento de extrema gravidade do País, Dilma e Lula trapaceiam, agem na solerte para tentar enganar inclusive a Justiça. Mais uma vez foram desmascarados pelo juiz Sérgio Moro. A posse de Lula estava marcada para o dia 22, terça-feira da semana que vem. No entanto, para evitar que a Operação Lava Jato alcançasse Lula da publicação no diário oficial,antes da posse, a presidente Dilma Roussef, segundo gravação divulgada pelo juiz Sérgio Moro no inicio da tarde de ontem, Dilma  comunica que está enviando, já assinado ao ex-presidente, o Termo de Posse. Com isto, daria já o salvo-conduto, mesmo que de forma ilegal, para que Lula escapasse de uma possível ação da Polícia Federal, num flagrante ato de obstrução das investigações da Lava Jato. A situação é grave pois Lula e Dilma, estão “fazendo o diabo” para escapar de ações legais como o impeachment e das investigações da Polícia Federal e do Ministério Público.  Vergonha porque está comprovado que Lula assume um ministério de um governo medíocre com o único objetivo de ganhar foro privilegiado. Para ser julgado por um Supremo que, dentre outras coisas, ontem mesmo, manteve o rito do impeachment com poderes ao Senado para evitá-lo, de agrado e gosto do Palácio do Planalto. A gravidade destes fatos levou novamente o povo às ruas que, em várias cidades do país, manifestou ontem à noite, a sua contrariedade a estas manobras que incluem a nomeação de um novo Ministro da Justiça, mais identificado com o governo, o aumento de mais um Ministério para acomodar Jaques Wagner cujo lugar estará ocupado por Lula e contando com o fisiologismo de membros do PMDB que estão aceitando cargos, contrariando a decisão da própria convenção do Partido. É tanta lama que não há como não definir tudo isso como UMA VERGONHA! Direto de Brasília, José Woitechumas.  

 

José Woitechumas
Fonte José Woitechumas 17/03/2016 ás h

Compartilhe

Comentário Direto de Brasília - 17-03-2016