Coddede fiscaliza obras do Estádio Nacional de Brasília e constata que normas de acessibilidade estão sendo cumpridas

Fonte Agência Brasil 06/06/2012 às 23h

 

Brasília - O Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Coddede), da Secretaria de Justiça do governo do Distrito Federal, esteve na tarde de ontem (6) no canteiro de obras do Estádio Nacional de Brasília para fiscalizar se o consórcio construtor está cumprindo com as normas técnicas que garantem a acessibilidade de pessoas com deficiência no estádio.

“Esta nova arena deve possibilitar acesso total aos deficientes, e pudemos verificar que a construtora está cumprindo com as normas técnicas estabelecidas pela legislação”, disse o presidente do Coddede, Yure Gagarin Soares de Melo. Ele declarou ainda que a construção atende a normas internacionais de acessibilidade.

Outro ponto de destacado por Gagarin nas obras de construção do estádio, é a estrutura criada para os deficientes visuais. Segundo ele, essas pessoas poderão acompanhar aos jogos tranquilamente, pois há todo um projeto de adaptação voltado para os cegos. “Além disso, os acompanhantes terão lugares reservados ao lado dos deficientes, o que facilita a locomoção dessas pessoas”, ressaltou.

“Neste momento o estádio está em obras da fase bruta, mas podemos perceber que a arena está perfeitamente adaptada a pessoas com deficiência”, completou Gagarin.

Por medida de segurança conselho não teve acesso à totalidade da construção. Um nova visita deve ocorrerr entre julho e agosto.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 06/06/2012 ás 23h

Compartilhe

Coddede fiscaliza obras do Estádio Nacional de Brasília e constata que normas de acessibilidade estão sendo cumpridas