Clinton elogia Brasil por atuação no Haiti

Fonte Agência Brasil. 28/01/2010 às 11h


A ajuda prestada pelo Brasil ao Haiti foi alvo de elogios hoje (28) na sessão extraordinária realizada no 40º Fórum Econômico Mundial de Davos (Suíça). O ex-presidente dos Estados Unidos e representante da Organização das Nações Unidas (ONU), Bill Clinton, classificou como “extraordinário” e “magnífico” o papel desempenhado pelo governo brasileiro no apoio ao Haiti desde o primeiro terremoto, no começo deste mês.

“[A atuação do Brasil representa] um trabalho extraordinário. O Brasil tem desempenhado um papel magnífico no apoio ao Haiti”, disse Clinton, na abertura da sessão, sendo aplaudido pelos presentes. O ex-presidente disse ter feito a referência ao Brasil aproveitando que o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, estava presente.

O governo brasileiro mantém cerca de 1,2 mil homens nas Forças de Paz no Haiti, também há um hospital de campanha sob coordenação de profissionais do Brasil e apoio militar nas áreas de engenharia, segurança e saúde.

Em decorrência do terremoto, o Brasil perdeu 18 militares, a coordenadora internacional da Pastoral da Criança, Zilda Arns Neumann, e o segundo no comando das Nações Unidas no Haiti, Luiz Carlos da Costa, entre outros.

Porém, o apoio do Brasil ao Haiti é histórico. Foi o governo brasileiro que comandou a primeira unidade da Missão das Nações Unidas para o Haiti (Minustah) sob orientação do general de divisão brasileiro Augusto Heleno Ribeiro Pereira.

Em 2004, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva promoveu uma partida de futebol entre as seleções do Brasil e do Haiti. O evento esportivo, com apoio da Federação Internacional de Futebol (Fifa), a disputa chamou a atenção internacional. A seleção brasileira venceu a disputa por 6 a 0.

 


 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 28/01/2010 ás 11h

Compartilhe

Clinton elogia Brasil por atuação no Haiti