Cisco lança arquitetura para acelerar a transformação digital dos clientes

Fonte In Press Porter Novelli 10/03/2016 às h

Digital Network Architecture (DNA), arquitetura de software aberta e extensível, permite às empresas inovar mais rapidamente, reduzir custos, complexidade e diminuir riscos.

 

SAN DIEGO, CA, Cisco Partner Summit,  março de 2016 – A Cisco anunciou, na quarta-feira (02/03), a Digital Network Architecture (DNA), uma arquitetura de software aberta e extensível para negócios digitais. Cisco DNA complementa a tecnologia líder de mercado, baseada em data center, ACI Application Centric Infrastructure, que estende a abordagem orientada de políticas e estratégia de software por meio de toda a rede. A nova arquitetura é parte da  família de software Cisco ONE, permitindo o licenciamento simplificado de software, proteção ao investimento e flexibilidade. 

De acordo com a IDC*, a digitalização está transformando os negócios em todas as indústrias com a geração de US$ 2.1 trilhões em oportunidades no mercado global até 2019. O caminho para a digitalização, por sua vez, requer uma rede digital que evolui além do que seja somente conectividade. Essa nova rede vai proporcionar a inovação dos negócios, gerar ideias e criar experiências com clientes. Além disso, reduzirá custos e complexidade com uma nova capacidade de instrumentalização e automação ao mesmo tempo em que protege os negócios com uma arquitetura projetada para segurança.

Enquanto as empresas estão se deparando em como avançar com a digitalização, vem acontecendo uma enorme inovação em redes, incluindo redes definidas por software (SDN), virtualização da função da rede (NFV), programação orientada, redes sobrepostas, APIs abertas, gerenciamento de nuvem, instrumentalização, análises, entre outros. Essas inovações tem uma grande promessa para melhorar a eficiência operacional e permitir aplicativos digitais, embora a adoção ainda seja lenta devido à dificuldade em consumir tantas novas tecnologias. O lançamento da Cisco DNA vem ao encontro da necessidade do mercado, que precisa de uma solução que integre as inovações críticas em software de rede – virtualização, automação, análise, gerenciamento de serviços em nuvem, e uma programação aberta e extensível – para uma arquitetura que possa cumprir com essas promessas de uma maneira integrada e fácil de consumir.

Cisco DNA é projetada em cinco princípios de orientação:

1. Virtualizar tudo para dar às organizações a liberdade de escolha para executar qualquer serviço em qualquer lugar, independentemente da plataforma subjacente - física ou virtual, local ou na nuvem.

2. Automação para tornar as redes e serviços nessas redes fáceis de implementar, gerenciar e manter - mudando fundamentalmente a abordagem para gerenciamento de rede.

3. Análise geral para fornecer informações sobre o funcionamento da rede, infraestrutura de TI e negócios – informação que só a rede pode fornecer.

4. Gestão de serviço entregue a partir da nuvem para unificar políticas e instrumentalização em toda a rede - permitindo a agilidade da nuvem com a segurança e o controle de soluções das instalações.

5. Programável, aberta e extensível em todas as camadas – integrando Cisco e tecnologias de terceiros, APIs abertas e uma plataforma de desenvolvedor para apoiar um ecossistema rico de aplicativos habilitados em rede.

“A rede digital é a plataforma para negócios digitais”, disse Rob Soderbery, SVP para Produtos e Serviços de Enterprise da Cisco. “A Cisco DNA reúne virtualização, automação, análise, nuvem e programação para construir essa plataforma. A sigla para Digital Networking Architecture – DNA – não é um acidente. Nós estamos fundamentalmente mudando o DNA da tecnologia de rede”.

 

Cisco DNA - principais destaques:

A Cisco está anunciando automação, virtualização e capacidades de gerenciamento de nuvem em apoio à arquitetura DNA:

o   Automação DNA: Plataforma APIC-Enterprise Module (APIC EM) e serviços de automação

o  Plataforma APIC-EM: Uma nova versão do enterprise controller da Cisco está agora amplamente disponível. Com mais de 100 implantações de clientes e rodando mais de 4 mil dispositivos em uma única instância, a APIC-EM reúne a escala empresarial e a resiliência necessária para os nossos maiores clientes, com o mais amplo conjunto de serviços de rede e suporte de dispositivos. A plataforma APIC-EM auxilia uma gama de serviços de automação incluindo os novos serviços anunciados hoje e descritos abaixo.

o  Cisco Plug and Play: Esse software de automação disponível localmente e em gerenciamento em nuvem elimina a necessidade de qualquer montagem para a pré-configuração ou implementação de caminhão para locais remotos, o que normalmente custa cerca de US$ 200 a US$ 2 mil por dispositivo. O agente Plug and Play se conecta em roteadores e switches da Cisco e conversa diretamente com o controlador de rede, reduzindo o tempo de implementação de até quatro semanas para poucos dias. Além disso, pode diminuir até 79% dos custos de implementação do dia zero em relação a métodos tradicionais.

o  Cisco Intelligent WAN: Esse serviço automatiza a implementação e o gerenciamento IWAN proporcionando maior flexibilidade de instalação WAN e permitindo ao departamento de TI configurar rapidamente e habilitar um escritório filial de serviço completo em apenas 10 cliques. A automatização IWAN elimina tarefas de configuração para recursos avançados de rede e automaticamente ativa as melhores práticas da Cisco: priorização de aplicativos, seleção de caminho e cache para melhorar a experiência do usuário.

o  Easy Quality of Service (Easy QoS): O serviço EasyQoS habilita a rede para atualizar de forma dinâmica as configurações QoS em toda a rede com base nas políticas do aplicativo. Com o EasyQoS, os departamentos de TI podem garantir que o aplicativo correto seja priorizado para fornecer a melhor experiência para usuários. Por meio da integração entre a Cisco e ferramentas de colaboração de terceiros, o EasyQos pode oferecer com dinamismo o QoS adequado para cada fluxo específico de voz ou vídeo.

 

o   Virtualização DNA: Evolved IOS-XE e Enterprise NFV

o   O Evolved Cisco IOS XE é um sistema operacional de rede otimizado para programação, automação baseada em controlador e facilidade de manutenção. O novo sistema operacional fornece APIs baseadas em modelos abertos para o desenvolvimento de aplicações terceiras, gerenciamento definido por software, hospedagem de aplicativos, computação de ponta e abstração de infraestrutura física para permitir virtualização. Atualmente, ele é compatível com Cisco Catalyst 3850/3650, ASR 1000 e ISR 4000, e continuará a ser expandido em todo o portfólio de Enterprise Network.

o   O Evolved Cisco IOS XE inclui a Enterprise Network Function Virtualization (Enterprise NFV) que separa hardware de software e dá às empresas a liberdade de escolha para executar qualquer função em qualquer lugar. Essa solução inclui o pacote completo de software – software de infraestrutura de virtualização, as funções de rede virtualizadas (VNFs) como roteamento, firewall, otimização de WAN, e serviço de WLAN controller e instrumentalização – para habilitar serviço de virtualização por escritórios filiais. Com essa solução, o TI pode ser simplificado às operações do cotidiano, desempenhar serviços de novas filiais, e ter opções flexíveis de implementação – plataforma customizada Cisco, uma plataforma de servidor ou qualquer plataforma x86.

o   Gerenciamento de serviço de nuvem DNA: CMX Cloud

o   CMX Cloud oferece insights de negócios e engajamento personalizado usando localização e informações de presença da infraestrutura sem fio Cisco. Com o CMX Cloud, as empresas podem fornecer facilmente Wi-Fi integrada, obter acesso aos dados agregados de comportamento do cliente e melhorar o engajamento do cliente.

 

Citações de apoio

“Os serviços de NFV de Enterprise na arquitetura DNA nos permite inovar com velocidade por meio de programação aberta e ao hospedar funções e aplicativos virtualizado onde e quando eu precise deles em toda a rede”, disse Markus Voegele, Arquiteto Sênior de Network da IBM Aviation Industry Services.

“Ao contrário de outras soluções SDN, as inovações DNA como a APIC EM podem ser implantadas em nossa infraestrutura existente para que nós possamos avançar rapidamente com risco mínimo e máxima proteção ao investimento”, disse CJ Singh,Diretor de Tecnologia (CTO) da Backcountry.com.

 

Preço do produto, disponibilidade e programas

A Cisco DNA será vendida por meio do modelo de software Cisco ONE e vai dar aos clientes a liberdade de escolher o modelo de plataforma e de compra.

Preços & Pacotes

·         Cisco APIC-EM, Cisco Plug and Play e Cisco Easy QoS estão disponíveis sem custos adicionais aos clientes com o Cisco SmartNet Total Care ou parceiros de serviços de suporte.

·         Cisco Intelligent WAN APP é oferecido por meio do Cisco ONE Foundation.

·         Cisco Enterprise NFV será oferecido por meio do Cisco ONE WAN suíte como uma assinatura anual.

·         Cisco ONE Foundation oferece listas de preços que começam com US$ 1,2 mil para WAN e US$ 200 para acesso.

·         Cisco CMX Cloud estará disponível como uma assinatura anual por meio do Cisco ONE Wireless suíte a partir de US$ 250.

Disponibilidade

o   Cisco APIC-EM, Cisco Plug and Play e Cisco IWAN já estão disponíveis em todo o mundo.

o   Cisco EasyQoS estará disponível em todo o mundo em março de 2016.

o   Cisco Enterprise NFV estará disponível em todo o mundo em março de 2016 com oferta controlada.

o   Cisco CMX Cloud está disponível em todo o mundo conforme permitido pelas leis locais. Uma amostra de teste gratuito de 60 dias está atualmente disponível nos Estados Unidos e, em breve, estará também em outros países. 

Para apoiar os clientes e parceiros da Cisco nessa jornada de transformação da rede, os programas para desenvolvedor Learning at Cisco e o Cisco DevNet estão comprometidos em educar e capacitar profissionais de rede a transitar do modelo de software orientado ao modelo de rede. A certificação Network Programmability Specialist está disponível e foi desenvolvida com base nos programas CCIE e CCNP que são vencedores de prêmios da indústria. Com desenvolvedores e engenheiros formados com esse DNA, a Cisco está disponibilizando treinamentos, exercícios para treinar e certificações para habilitar uma força de trabalho do futuro. O programa recém anunciado CCIE Next Generation está criando uma base de conhecimento para os melhores profissionais de TI para a “prova futura” de suas competências. Além disso, a Cloud Certification está ajudando a profissionais de TI a desenvolver habilidades em torno de instrumentalização e automação. O Cisco DevNet renovou o Networking Dev Center para tornar mais fácil que desenvolvedores se integrem com a arquitetura DNA Cisco. As melhorias incluem novos laboratórios de aprendizado individualizado com faixas de aprendizagem personalizadas para engenheiros de rede e desenvolvedores de aplicativos.

A Cisco Capital Easy Pay é uma nova oferta global criada especificamente para DNA. Isso permite uma locação de preço justo de mercado de três anos para todos os produtos como parte da Cisco DNA. Os clientes pagam 90% do custo com um termo de três anos oferecendo pagamento mensais previsíveis e gestão de fluxo de caixa. Ao final do prazo contratado, o cliente tem três opções: manter, devolver e renovar ou comprar os ativos por 10% do preço original de compra.

 

Recursos de apoio:

Leia: DNA Vision Blog: Aprendendo no blog da Cisco

Veja: Infográfico Cisco DNA

Blog: Cisco Enterprise Networking

Participe: Cisco DevNet

 

Sobre a Cisco

A Cisco (NASDAQ: CSCO) é líder mundial em Tecnologia da Informação, que ajuda empresas a aproveitarem as oportunidades do amanhã, demonstrando que coisas surpreendentes acontecem quando se conecta o que antes estava desconectado. Para informações sobre a Cisco, acesse http://www.cisco.com.br. Para notícias sobre Brasil, acesse: http://americas.thecisconetwork.com/site/index/lang/pt/. Siga a Cisco no Twitter.

 

In Press Porter Novelli
Fonte In Press Porter Novelli 10/03/2016 ás h

Compartilhe

Cisco lança arquitetura para acelerar a transformação digital dos clientes