Cerca de 70% dos chefes de Estado chegarão nos dois dias anteriores à Reunião de Cúpula da Rio+20

Fonte Agência Brasil 13/06/2012 às 16h

Rio de Janeiro – Cerca de 70% dos 130 chefes de Estado e Governo que participarão da Rio+20 deverão chegar à capital fluminense nas próximas segunda (18) e terça (19). Metade das chegadas será concentrada na terça-feira (19). O primeiro dia da Reunião de Cúpula está marcado para quarta-feira (20) quando chegam os 30% restantes.

Segundo a prefeitura do Rio de Janeiro, o grande fluxo de chegada de líderes mundiais na terça-feira foi uma surpresa, já que, segundo o planejamento das Nações Unidas, a expectativa era que a maior concentração fosse na manhã de quarta-feira.

Diante disso, a prefeitura teve que fazer alterações no trânsito, já que terça-feira não será nem feriado escolar nem ponto facultativo na cidade do Rio de Janeiro. Para o deslocamento desses líderes, será necessário o bloqueio de vias. Entre as principais modificações apresentadas hoje (13) estão a criação de uma faixa exclusiva na Linha Vermelha, principal via entre o aeroporto e o centro da cidade.

Segundo o secretário municipal de Conservação do Rio, Carlos Osório, apesar do planejamento e das modificações no trânsito, haverá engarrafamentos e transtornos para os moradores da cidade. “Os engarrafamentos ocorrerão pelo deslocamento dos chefes de Estado. Nós poderemos minimizar esses transtornos se o próprio carioca evitar usar veículos particulares nos corredores principais de trânsito”, disse.

Segundo a prefeitura, os pontos mais críticos de trânsito, entre os dias 19 e 22, serão as vias expressas da orla carioca, entre o Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão e o Riocentro, onde ocorrerá a Reunião de Cúpula.

De acordo com o coordenador de Escoltas da Rio+20, coronel Alfredo Bottino, cerca de 450 motocicletas das Forças Armadas, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Militar e da Guarda Municipal poderão ser usadas nas escoltas dos comboios. Segundo ele, o tempo de interdição das vias depende do tamanho de cada comboio.

Para garantir uma melhor fluidez do trânsito para os chefes de Estado e Governo, a prefeitura vai suspender a reversão de faixas na orla da zona sul durante a terça-feira e todas as reversões de faixa da cidade nos três dias da Reunião de Cúpula (de 20 a 22).

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 13/06/2012 ás 16h

Compartilhe

Cerca de 70% dos chefes de Estado chegarão nos dois dias anteriores à Reunião de Cúpula da Rio+20