Cardeal ferido receber alta

Fonte ANSA. 06/01/2010 às 18h

O francês Roger Etchegaray, de 87 anos, fraturou o fêmur ao cair no tumulto causado por Susanna Maiolo, que avançou na direção do Papa e também o levou ao chão

ROMA, 6 JAN (ANSA) - O cardeal francês Roger Etchegaray deve receber alta nos próximos dias e deixar o Hospital Gemelli, em Roma, onde está internado desde que sofreu uma queda no tumulto causado por uma mulher que avançou na direção do papa Bento XVI pouco antes da Missa do Galo, no dia 24 de dezembro.

Etchegaray, que tem 87 anos, fraturou o fêmur e teve de passar por cirurgia. O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, que o visitou hoje, foi quem deu a notícia sobre a possível alta.

"É uma pessoa muito cheia de vida, muito animada", afirmou Alemanno, que por ocasião da Epifania do Senhor, também chamada de Dia de Reis, celebrada hoje na Itália e no Vaticano, foi ao hospital para um encontro com crianças internadas na ala de oncologia.

"Ele me contou todas as suas experiências com o mundo político na França e me inundou de uma grande vontade de viver", relatou o prefeito de Roma.

Apesar do susto, o papa Bento XVI nada sofreu no incidente ocorrido na noite de Natal. A mulher que avançou em sua direção, derrubando-o, foi identificada como Susanna Maiolo, suíço-italiana com um histórico de distúrbios mentais.

Ela havia tentado uma ação similar na Missa do Galo de 2008, mas foi contida por seguranças. Desta vez, conseguiu burlar a divisória que isolava o público.

ANSA.
Fonte ANSA. 06/01/2010 ás 18h

Compartilhe

Cardeal ferido receber alta