Campanha incentiva discussão sobre mudanças do clima .

Fonte Agência Brasil. 07/12/2009 às 16h

O Observatório do Clima, rede brasileira de organizações não governamentais e movimentos sociais dedicados ao estudo de mudanças climáticas, encerra hoje (7) a campanha 1 Minuto Pelo Clima, cujo objetivo é promover a mobilização da sociedade para a questão do aquecimento global.

Um resumo das mensagens será entregue pelo Observatório do Clima ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva esta semana, em Copenhague, na Dinamarca, onde a delegação brasileira participa da 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15) até o próximo dia 18. O encontro visa a elaborar um acordo em substituição ao Protocolo de Quioto, cuja vigência termina em 2012.

Até esta manhã, a campanha recebeu 111 vídeos, enviados por pessoas de diferentes faixas etárias e de todas as regiões do país. O coordenador de divulgação da campanha, Jaime Gesisky, disse à Agência Brasil que o resultado foi muito representativo, tendo em vista a dificuldade enfrentada por um número considerável de pessoas em postar um vídeo na ‘internet’. “A gente percebe que há ainda um processo de educação digital em curso no Brasil.”

Profissionais liberais, artistas, poetas, camelôs e estudantes foram alguns cidadãos que enviaram suas mensagens para a campanha por meio de celulares e câmeras caseiras de filmagem. Gesisky avaliou que a população manifestou sua preocupação em relação a um acordo efetivo do clima, dando um recado para o governo brasileiro.

“Mostrar ao governo brasileiro que a população tem um interesse na questão climática, que ultrapassa os aspectos mais intelectuais e científicos da sociedade. A população tem uma ansiedade, tem uma expectativa em relação a isso que a gente queria mostrar de uma maneira espontânea”, assinalou Gesisky.

O resultado foi um recado político para o governo. “É um cyberativismo que a gente está trazendo para o Brasil”, disse ele. Com a campanha de mobilização popular, o Observatório do Clima quer tentar influir na elaboração das políticas públicas brasileiras, pedindo um acordo climático e empenho do governo.

“O governo já está bastante empenhado na solução desse problema. Deu sinais vigorosos nesse sentido, quer encaminhar uma solução e influenciar também nos outros países”, salientou Gesisky. Ele acredita que a receptividade do governo à campanha será muito boa. “É um respaldo a mais para o governo tomar uma decisão mais à frente e continuar empenhado em chegar a um acordo.”

O Observatório do Clima percebeu que os brasileiros querem soluções para o seu dia a dia. “Eles acreditam que têm uma participação importante no dia a dia. Muitas pessoas falaram em redução do consumo, economia de energia, que são fatores que acabam impactando de maneira positiva as mudanças climáticas”, disse o coordenador de divulgação da campanha.

Gesisky revelou que a campanha terá desdobramentos ao longo do ano que vem. Ela resulta da campanha internacional Visões Globais pelo Clima, realizada em setembro passado em 39 países. Depois disso, essas nações, a exemplo do Brasil, desenvolveram campanhas nacionais sobre as mudanças climáticas.

O Observatório do Clima trabalha com a disseminação de informações nessa área, elaborando sugestões de políticas públicas locais de mudanças climáticas para estados e municípios. A campanha 1 Minuto Pelo Clima contou com a adesão de emissoras de televisão educativas, como a TV Brasil, a TV Cultura e TV Futura, e comerciais, como as redes Record e Globo.


 
Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 07/12/2009 ás 16h

Compartilhe

Campanha incentiva discussão sobre mudanças do clima .