Câmara de Energia completa 15 anos de incentivo à novas fontes

Fonte Câmara de Comércio de Energia Elétrica 24/08/2014 às 21h
Depois de 15 anos de serviços prestados, com objetivo de garantir a segurança no suprimento de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional (SIN), a Câmara de Comércio de Energia Elétrica (CCEE) irá promover o sexto leilão de energia de reserva. Evento está agendado para 31 de outubro de 2014.

O certame será marcado pela participação de duas fontes estreantes: usinas solares fotovoltaicas e térmicas a biomassa de resíduos sólidos urbanos ou biogás participarão da competição, junto com os parques eólicos. Os contratos terão início de suprimento em 1/10/2017 e duração de 20 anos.

História

Em 2008, foi regulamentada a contratação de empreendimentos de “energia de reserva”. O primeiro leilão de reserva, promovido ainda em 2008, foi voltado especificamente para a contratação de termelétricas movidas a biomassa, tendo resultado na compra da energia de usinas a bagaço de cana e capim elefante. Posteriormente, a energia de reserva contrataria parques eólicos, pequenas centrais hidrelétricas e a usina nuclear de Angra 3.

“Além de incrementar a segurança energética, os leilões de reserva representaram um avanço para a comercialização das fontes renováveis, que passaram a contar com um mecanismo de leilão para a sua contratação, deixando de depender exclusivamente de programas de subsídio governamental. Tal mudança conferiu mais competitividade e sustentabilidade a essas fontes”, observou o gerente executivo de Operações do Mercado Regulado, Alexandre Viana.

Além de operacionalizar os leilões, a CCEE também contribuiu para o processo de energia de reserva por meio da administração da Conta de Energia de Reserva (Coner). O mecanismo promove a remuneração dos geradores contratados na modalidade por meio da receita da venda da produção das usinas no mercado spot e de recursos recolhidos pelo Encargo de Energia de Reserva (EER).


Câmara de Comércio de Energia Elétrica
Fonte Câmara de Comércio de Energia Elétrica 24/08/2014 ás 21h

Compartilhe

Câmara de Energia completa 15 anos de incentivo à novas fontes