Buenos Aires dará início a ações civis e penais contra cinco petrolíferas britânicas declaradas "ilegais e clandestinas"

Fonte Ansa flash 04/06/2012 às 23h
Buenos Aires dará início a ações civis e penais contra cinco petrolíferas britânicas declaradas "ilegais e clandestinas", informou hoje a Chancelaria argentina, no marco do conflito pela soberania das Ilhas Malvinas.

Segundo um comunicado oficial, as empresas Argos Resources, Rockhopper Exploration, Borders & Southern PLC, Falkland Oil & Gas Ltd e Desire Petroleum PLC "operam de forma ilícita na plataforma continental argentina".

Desta forma, elas foram "declaradas clandestinas, mediante resolução da Secretaria de Energia e de acordo com a legislação nacional vigente".

Entre as ações legais mencionadas na nota está a "acusação de delitos aduaneiros e fiscais, assim como a aplicação de sanções administrativas".

O governo da Argentina decidiu recentemente tomar "medidas distintas" contra a atividade petrolífera na área das Ilhas Malvinas por considerar a ação "ilegal" de acordo com resoluções da Organização das Nações Unidas (ONU) e da legislação argentina.
Ansa flash
Fonte Ansa flash 04/06/2012 ás 23h

Compartilhe

Buenos Aires dará início a ações civis e penais contra cinco petrolíferas britânicas declaradas "ilegais e clandestinas"