Brasília discute segurança em transações financeiras

Fonte TI Safe Segurança da Informação. 07/12/2009 às 13h

A Realsec, espanhola que desenvolve sistemas cifrados e assinatura digital, e a brasileira TI Safe, integradora especializada em segurança da informação, promovem o café da manhã ´Criptografia: proteção de dados críticos e uso de HSM´, que acontece em 10 de dezembro, em Brasília. Um dos principais assuntos que será abordado é a importância cada vez maior que a Visa e o Mastercard dão à atualização das chaves mestras nos caixas automáticos - ATM - e nos terminais de pontos de venda - POS. O Business Development LATAM da Realsec, Alfredo Duhamel, explica que a preocupação se justifica devido ao crescimento do uso do meio de pagamento eletrônico.

Para se ter uma idéia, segundo a Abecs - Associação Brasileira de cartões de crédito e Serviços, o número de cartões de crédito no Brasil, entre 2000 e 2008, saltou de 29 milhões de unidades para 124 milhões, um crescimento de 327%. As transações com os de débito não fica atrás. De acordo com o Banco Central, o uso dessa modalidade de pagamento superou o de cheques, registrando 2,1 bilhões de transações, contra 1,9 bilhão de cheques, em 2008.

Neste contexto, o café da manhã, que é gratuito, discute a aderência à norma EMV - Europay-Mastercard-Visa - para os cartões de crédito e de débito, conhecidos como smart cards criptográficos, que reduzem as fraudes. Além de falar sobre a alta tecnologia disponível para operações financeiras e que atendem às mais rígidas regulamentações.  

O evento conta ainda com a palestra ´Uso de HSMs em aplicações críticas´, ministrada por Marcelo Branquinho, diretor da TI Safe, o primeiro canal certificado pela Realsec no País. E com a presença do Vice-Presidente da Realsec, Sebastian Munoz, que vai anunciar o início das operações da empresa no Brasil bem como sua estratégia comercial.

As inscrições podem ser feitas por email: [email protected], mas as vagas são limitadas.

Café da Manhã: ´Criptografia aplicada a soluções financeiras e PCI-DSS´

Data: 10 de dezembro de 2009

Horário: das 8h30 às 12h00

Local: Hotel Tryp Brasil 21

End.: SHS Quadra 6 - Conj. A - Bl.F

Asa Sul - Brasília

 

Sobre a Realsec:

A empresa espanhola Realsec é especializada em desenvolvimento e comercialização de tecnologias e sistemas cifrados e de certificação digital. Desenvolve soluções e produtos criptográficos de alta segurança para aplicações em bancos, meios de pagamento, defesa, administração pública e indústrias em geral. A qualidade da tecnologia Realsec é certificada por organismos internacionais como o NIST - National Instituto of Standards and Technology, agência do governo dos Estados Unidos que fornece o carimbo de segurança em vendas B2B. A empresa também investe em desenvolvimento de inovações tecnológicas avançadas, inclusive, colabora com universidades e centros tecnológicos em projetos e estudos. Sua tecnologia está presente na Plataforma do Ministério da Indústria do governo da Espanha e-Sec, do plano [email protected], garantido segurança e confiabilidade nas transações. Para mais informações: http://www.realsec.com/en/index.php

Sobre a TI Safe Segurança da Informação:

A TI Safe é uma empresa brasileira provedora de soluções e serviços profissionais voltados para a segurança da informação. Focada no cliente, a empresa atua no desenvolvimento, implantação, treinamento, manutenção e suporte das soluções, de acordo com as necessidades específicas de cada cliente. Sediada no Rio de Janeiro e com escritórios em Brasília, Porto Alegre, Manaus, Goiânia e Teresina, a TI Safe garante qualidade e continuidade dos serviços prestados, em empresas de todos os portes e em todo o território nacional. Para mais informações: http://www.tisafe.com/

 

TI Safe Segurança da Informação.
Fonte TI Safe Segurança da Informação. 07/12/2009 ás 13h

Compartilhe

Brasília discute segurança em transações financeiras