Brasil dobra malha de gasodutos em oito anos

Fonte Agência Brasil. 03/02/2010 às 13h

O uso do gás aumentou no Brasil nos últimos oito anos. A malha de gasodutos, que em 2003 era de aproximadamente 5 mil quilômetros (km), passará a cerca de 10 mil km neste ano. Mais um passo será dado na integração energética do país, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurar hoje (3) o Gasoduto Cabiúnas-Reduc 3 (Gasduc 3) em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

A estrutura, com 179 quilômetros de extensão, liga o norte do Rio de Janeiro à região metropolitana e custou R$ 2,54 bilhões. Desse total, R$ 182 milhões foram investidos na construção de um túnel com 3.758 metros, sob a Serra de Santana, no município de Cachoeiras de Macacu, a fim de evitar impactos sobre a vida silvestre no local, área de proteção ambiental onde vivem espécies ameaçadas como o mico leão dourado. O túnel será visitado pelo presidente por volta das 10h, antes da inauguração, marcada para as 12h30.

A importância principal do Gasduc será a interligação, dentro de dois meses, com o Gasoduto Sudeste Nordeste, conhecido como Gasene, permitindo uma integração energética com os estados do Nordeste, segundo a diretora de Gás e Energia da Petrobras, Graça Foster.

“O gás do Nordeste pode encontrar mercado no Sudeste do país. Então, hoje você literalmente integrou os dois países do ponto de vista gasífero. Tinha um Brasil pra lá e um Brasil pra cá. Esse gasoduto ligou os dois. Então, se um governador, lá no Ceará, dá vantagens competitivas para a instalação de uma planta de pneu, por exemplo, não vai deixar de ir para lá por causa do gás. Basta a distribuidora fazer um contrato comigo [Petrobras], fazer um contrato com o consumidor e o gás lá vai”, assinalou Graça Foster.


Segundo ela, a inauguração do último trecho do Gasene - Cacimbas-Catu - deve ocorrer na segunda quinzena de março, o que deverá alterar a matriz energética do Nordeste. “Muda completamente. É um sinal muito bom. A gente não tem mais o que fazer. Já está pronto. É só administrar as inaugurações”, comemorou a diretora da estatal. No total, o Gasene tem 1.387 quilômetros.

Ela informou que, desde 2003, o governo investiu R$ 26 bilhões na construção da malha de gasodutos no país. Com a maior integração, o sistema será mais confiável, pois haverá várias fontes de gás abastecendo os consumidores, de forma interligada, como ocorre hoje no sistema elétrico.

O gás produzido pela Petrobras pode ser utilizado de várias formas, beneficiando desde o consumidor que utiliza o produto como combustível no carro, até como fonte energética para termelétricas e empresas de todos os tamanhos. O gás também é usado na fabricação de insumos diversos, incluindo a indústria de fertilizantes.
 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 03/02/2010 ás 13h

Compartilhe

Brasil dobra malha de gasodutos em oito anos