Brasil assume liderança do Ibero-Americano

Fonte CBAt 09/06/2012 às 18h
O Brasil assumiu a liderança no quadro geral de medalhas do 15º Campeonato Ibero-Americano de Atletismo após o primeiro dia de competições no Estádio Maximo Viloria, na cidade de Barquisimeto, na Venezuela. A equipe brasileira conquistou 17 medalhas, sendo quatro de ouro, seis de prata e sete de bronze. A Venezuela está em 2º lugar, com 5 medalhas (3 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze).

A grande prova do Brasil foi a final dos 100 m feminino, com dobradinha de Rosangela Santos (11.41) e Evelyn Santos (11.44). As duas comemoraram muito o resultado e chegaram até a sambar na pista para a alegria dos fotógrafos.


"Queria ter corrido em torno de 11.20, mas saí mal e tive de me recuperar no percurso", contou Rosangela, campeã pan-americana da prova e qualificada para a Olimpíada de Londres. "Estou com uma infecção intestinal desde que cheguei a Barquisimeto e estava com medo de não ir bem. Ainda bem que tudo deu certo", completou Evelyn, medalha de prata.


A medalha de ouro mais especial do dia, porém, foi conquistada pela paulista Lucimar Teodoro nos 400 m com barreiras, com 56.99. Ela viajou para a Venezuela apenas para compor o revezamento 4x400 m, mas pediu para a chefia da equipe brasileira para ser inscrita nos 400 com barreiras, depois que Elaine Paixão perdeu o voo.


"Havia dado apenas um tiro este ano e corri por correr. Fui colocada na série B, junto com as atletas com resultados mais fracos, e acabei ganhando", disse a atleta escondendo as lágrimas.


Nos 400 m, o gaúcho Anderson Henriques quebrou novamente o recorde pessoal na prova, com 45s59 para vencer. Ele chegou a comemorar o índice para a Olimpíada de Londres (45s17), mas não ficou decepcionado por não ter conseguido agora. "Estou com uma lesão no púbis e tenho de administrá-la. Fazer o melhor tempo de minha vida nessas condições é excelente", comemorou o atleta de 20 anos. A sua melhor marca anterior era de 45s71, obtida nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara.


A outra medalha de ouro havia sido conquistado pela manhã pela mineira Tatiele de Carvalho nos 3.000 m.


Nos 400 m feminino e no salto em altura feminino, o Brasil conseguiu duas medalhas - prata e bronze. Geisa Coutinho e Joelma Sousa, nos 400 m, e com Aline Santos e Monica Araújo de Freitas no altura.


Resultados desta sexta-feira à noite

Salto em altura - feminino

1-Maria Rifka (MEX) - 1,89 m
2-Aline Santos (BRA) - 1,84 m
3-Monica Araújo de Freitas (BRA) - 1,81 m

Lançamento do disco - masculino

1-German Lauro (ARG) - 63,55 m
2-Ronald Julião (BRA) - 61,67 m
3-Pedro Cuesta (ESP) - 59,77 m
9-Carlos Barbosa Valle (BRA) - 52,87 m

400 m com barreiras - masculino

1-Eric Alejandro (PUR) - 49.36
2-Amauri Valle (Cuba) - 49.69
3-Hederson Estefani (BRA) - 49.71
7-Rafael Fernandes (BRA) - 51.68

400 m com barreiras - feminino

1-Lucimar Teodoro (BRA) - 56.99
2-SHarolyns Scott (CRC) - 57.11
3-Yolanda Valerio (RDM) - 57.15
4-Jailma Sales de Lima (BRA) - 57.65

400 m - feminino

1-Daysuram Bonnie (CUB) - 52.27
2-Geisa Coutinho (BRA) - 52.66
3-Joelma Sousa (BRA) - 52.72

Salto em distância - masculino

1-Georni Jaramillo (VEN) - 8,02 m (2.8)
2-Jean Okutu (ESP) - 7,87 m (-0.2)
3-Rogério Bispo (BRA) - 7,67 m (1.4)
8-Lourival Nogueira (BRA) - 7,28 m (-0.3)

400 m - masculino

1-Anderson Henriques (BRA) - 45.59
2-William Collazo (CUB) - 45.80
3-Arturo Ramirez (VEN) - 45.84

100 m - feminino (-0.6)

1-Rosangela Santos (BRA) - 11.41
2-Evelyn Santos (BRA) - 11.44
3-Maria Paz (COL) - 11.53

100 m - masculino (-0.2)

1-Alex Quiñones (ECU) - 10.33
2-Sandro Viana (BRA) - 10.42
3-Carlos Rodrigues (PUR) - 10.60
6-Carlos Roberto Pio (BRA) - 10.66

3.000 m com obstáculos - feminino

1-Yony Ninahuaman (PER) - 10:24.95
2-Maria Mancebo (RDM) - 10:28.86
3-Eliane Luanda Pereira (BRA) - 10:44.36

3.000 m com obstáculos - masculino

1-Jose Peña (VEN) - 8:37.67
2-Marvin Blanco (VEN) - 8:45.34
3-Gladson Barbosa (BRA) - 8:50.84

CBAt
Fonte CBAt 09/06/2012 ás 18h

Compartilhe

Brasil assume liderança do Ibero-Americano