Ausências de Obama, Merkel e Cameron não vão enfraquecer a Rio+20, diz secretário da ONU

Fonte Agência Brasil 11/06/2012 às 19h

Rio de Janeiro - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Rio+20, Sha Zukang, disse que as ausências de importantes líderes mundiais - como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron - não vão enfraquecer a conferência.

“Eu não acho [que as ausências enfraquecerão o documento final da Rio+20], pois os Estados Unidos, o Reino Unido e a Alemanha vão estar muito bem representados, em alto nível”, disse Zukang, após reunião na tarde de hoje (11) com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, na qual trataram dos detalhes de logística do encontro.

Zukang disse entender os motivos das prováveis ausências, como as eleições americanas e a crise econômica europeia, mas considerou que ainda mantinha esperança da presença desses líderes

“São problemas internos deles e uma questão soberana de cada país, dizer quem participará da conferência. Mas nós ficaremos muito felizes se eles mudarem de idéia e decidirem estar aqui”.

Segundo Zukang, já estão inscritos para discursar na conferência 134 chefes de Estado ou de governo, mais do que na Rio92, quando foram 108 discursos, e do que em Johannesburgo, na África do Sul, em 2002, na Rio+10, quando foram 104 participações.

O diplomata assegurou que a Rio+20 será um sucesso. “Estamos otimistas, porque vamos, definitivamente, sob a presidência do Brasil, chegar a um bom resultado”.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 11/06/2012 ás 19h

Compartilhe

Ausências de Obama, Merkel e Cameron não vão enfraquecer a Rio+20, diz secretário da ONU