Asa Norte ganha mais um ponto de comercialização de orgânicos

Fonte Agência Brasília 02/09/2014 às 19h


Mercado representa 2% da produção agropecuária no DF

BRASÍLIA (2/9/14) – A partir desta terça-feira (2), Brasília terá mais um ponto de venda direta de produtos orgânicos, na 3ª Feira orgânica, instalada na 511 norte, no prédio do Instituto Brasília Ambiental (Ibram). A comercialização, apoiada pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural ocorrerá das 6h30 às 12h, todas as terças-feiras.



São frutas, verduras e legumes, além de mel, pães, cogumelos e ovos caipira de agricultores familiares do DF certificados por meio da OPAC Cerrados. Segundo a Emater-DF, o consumo desses itens aumenta anualmente em, pelo menos, 20%, por isso, auxilia os produtores na organização de seu nicho para comercialização dos produtos.



De acordo com o agricultor e responsável pelo ponto, Juan Pereira, novos espaços para comercialização são oportunidades de inserção de novos agricultores familiares. "Um dos maiores desafios para a agricultura familiar hoje é a comercialização. Levar alimentos frescos e de alta qualidade como são os orgânicos é fundamental para disseminar a cultura."


CERTIFICAÇÃO – O Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade Orgânica (Opac) é um certificado emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que permite aos produtores o uso do Selo do SisOrg nos rótulos de seus produtos. Uma vez certificados, esses produtores poderão efetuar venda direta a consumidores e venda a indústrias, processadores, mercados, supermercados, lanchonetes, restaurantes e, também, para exportação. Assim, a participação no SisOrg permite a venda a terceiros.



No Distrito Federal, existem mais de 120 pontos de comercialização entre feiras, lojas e redes de hipermercados. Para adquirir os produtos orgânicos, basta procurar um dos postos, como o da 315 Norte (ao lado da Igreja Messiânica), ou o da 909/709 sul (no Sindicato Rural do DF).



O mercado de orgânicos representa 2% da produção agropecuária no DF, sendo que, nos últimos 10 anos, o número de propriedades de alimentos orgânicos no DF aumentou de 120 para 220. Hoje, a produção gera anualmente R$ 8 milhões para os produtores do setor.



Veja a lista completa das feiras aqui.
Agência Brasília
Fonte Agência Brasília 02/09/2014 ás 19h

Compartilhe

Asa Norte ganha mais um ponto de comercialização de orgânicos