Argentina vai exportar doces cítricos e camarões selvagens para o Brasil a partir de julho

Fonte Agência Brasil 12/06/2012 às 13h

Brasília – O governo da Argentina autorizou hoje (12) a normalização das exportações de doces cítricos e camarões selvagens, típicos do cultivo argentino, para o Brasil. A medida vale a partir de 1º de julho. A liberação faz parte das últimas negociações entre os vizinhos latino-americanos para facilitar a entrada de produtos regionais.

O acordo foi articulado entre os ministérios da Agricultura, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e das Relações Exteriores do Brasil e da Argentina. "É uma notícia importante para a nossa indústria. Mas quero que ela seja estendida a outros produtos nacionais", disse o ministro da Agricultura, Norbert Yauha.

Há cerca de três anos começaram as negociações para a entrada de camarão da Argentina no Brasil. Inicialmente, havia uma série de restrições de ordem sanitária e também relacionadas à questão econômica. Mas, nos últimos meses, o impasse foi superado.

"O camarão selvagem, que é próprio da Argentina, é diferente da forma como é cultivado o camarão em outros locais, inclusive o vannamei brasileiro. A abertura desse mercado dará acesso a um nicho de consumo de excelência ou de alta qualidade”, disse o subsecretário de Pesca da Argentina, Michael Bustamante.


*Com informações da agência pública de notícias da Argentina, a Telam

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 12/06/2012 ás 13h

Compartilhe

Argentina vai exportar doces cítricos e camarões selvagens para o Brasil a partir de julho