Alencar diz não ter ilusão de que solidariedade a ele se transforme em votos

Fonte Agência Brasil. 02/02/2010 às 12h

O vice-presidente da República, José Alencar, disse hoje (2) ter consciência de que as manifestações de apoio pela sua luta contra o câncer não serão convertidas em votos nas próximas eleições.

“Sou consciente de que todo esse apreço que tenho recebido em toda parte por onde passo advém da solidariedade num momento em que tenho lutado com uma moléstia pesada, que é o câncer. Não tenho a ilusão de que isso se revele em votos na próxima eleição”, disse no discurso de abertura dos trabalhos do Legislativo, no plenário da Câmara. “Se tivesse esse pensamento, confesso que estaria preparado para receber 100% dos votos”, brincou.

Alencar disse estar tranquilo e repetiu que não teme a morte. “Se Deus quiser me levar agora, não precisa de câncer para isso. E se ele não quiser que eu vá, não há câncer que me leve. E tudo indica que ele não quer me levar agora”, afirmou.

O vice-presidente lembrou de quando era senador e ainda agradeceu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva por ter lhe dado oito anos de Vice-Presidência. “Ninguém vota no vice, vota no titular. Sou consciente de que sou vice graças à eleição do Lula”, disse.

 

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 02/02/2010 ás 12h

Compartilhe

Alencar diz não ter ilusão de que solidariedade a ele se transforme em votos