África do Sul quer ajuda externa para reduzir emissão de gases de efeito estufa

Fonte Agência Brasil. 07/12/2009 às 11h

 No primeiro dia da 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15), a África do Sul propôs hoje (7) reduzir a emissão de gases de efeito estufa até 2025, desde que os países emergentes recebam ajuda para o desenvolvimento de energias alternativas. As informações são da agência portuguesa Lusa.

A proposta sul-africana prevê uma redução de 34% até 2020 e de 42% até 2025, de acordo com um comunicado divulgado pela Presidência do país. O documento destaca, entretanto, que a meta só terá validade se houver garantia de ajuda da comunidade internacional, sobretudo nas áreas financeira, tecnológica e de transferência de conhecimento.

O presidente sul-africano, Jacob Zuma, deve chegar a Copenhague (Dinamarca) entre em 17 ou 18 de dezembro, nos últimos dias do encontro.

As emissões per capita produzidas pela África do Sul são equivalentes às registadas pela Alemanha e o país não tem um compromisso legal para redução estabelecido no Protocolo de Quioto, que vigora até 2012.

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 07/12/2009 ás 11h

Compartilhe

África do Sul quer ajuda externa para reduzir emissão de gases de efeito estufa