Advogados do pai de Sean vão recorrer da decisão de Marco Aurélio Mello

Fonte Agência Brasil. 18/12/2009 às 17h

Os advogados de David Goldman, pai biológico do menino Sean, de 9 anos, afirmaram hoje (18) que vão recorrer da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (TF), Marco Aurélio Mello. Marco Aurélio concedeu liminar à avó materna de Sean, Silvana Bianchi, garantindo a permanência do menino no Brasil.

A concessão de liminar suspendeu decisão anterior do Tribunal Regional Federal da 2a. Região (TRF-2), que na quarta-feira (16) havia concedido prazo de 48 horas para que Sean voltasse para os Estados Unidos, para viver com o pai David.

Ricardo Zamariola, um dos advogados de David, disse que o STF poderá decidir sobre o direito à tutela do menino na próxima semana, a partir do recurso que ele vai apresentar  nos próximos dias, em Brasília. Segundo ele, mesmo com o STF em recesso – que terá início segunda-feira, dia 21 – há sessões para os casos urgentes.

 “Estou trabalhando na liminar e pretendo apresentar isso o quanto antes. O recesso não quer dizer que o tribunal feche, ele atende somente a questões urgentes, que é totalmente o caso. Acredito que a decisão possa sair na próxima semana”, disse ele, afirmando que David permanecerá no Rio até a decisão final do STF.

Na visão de Marcos Ortiz, também advogado de David, o recesso pode, porém, prejudicar a definição do caso. Ele disse que David trouxe presente de Natal para Sean e pretende visitar o filho.

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 18/12/2009 ás 17h

Compartilhe

Advogados do pai de Sean vão recorrer da decisão de Marco Aurélio Mello