Aberta 11ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

Fonte Coordenação de Comunicação Social da Capes 13/03/2013 às 14h

Na tarde desta terça-feira, 13, foi realizada a abertura da 11ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). O evento acontece no campus da Universidade de São Paulo (USP) até sábado, dia 16.

Roseli de Deus Lopes, coordenadora geral da Febrace, disse que o mais importante da feira não é receber o prêmio principal, mas sim mostrar que o Brasil tem ciência e tecnologia. "Tenho certeza que todos vocês encontraram muito problemas por aí. Vocês ainda têm muito a evoluir e o objetivo da Febrace é criar mais conectividade e mais opções para vocês." Roseli Lopes parabenizou todos os professores e estudantes presentes na feira.

 

Febrace-mar13-014 WEB
Coordenadora da Febrace enaltece participação dos alunos e professores em mais uma edição da feira (Foto: Fabiana Santos - CCS/Capes)


O diretor do Departamento de Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia/Secis/MCTI, Ildeu de Castro Moreira, falou com entusiasmo de mais uma edição da Febrace, ressaltando a importância dos estudantes terem contato com a ciência e a tecnologia desde cedo. "Queremos ciência para qualquer coisa, não para guerra, mas para melhorar a qualidade de vida das pessoas."

 

A Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica (DEB) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) foi representada no evento pela servidora, Fernanda Litvin. Ela falou sobre o importante papel que a instituição passou a ter nos últimos cinco anos, quando começou a coordenar ações voltadas à melhoria da qualidade do ensino básico.

 

Febrace-mar13-023 WEB
Representante da Capes fala sobre programas voltados à formação de docentes da educação básica (Foto: Fabiana Santos - CCS/Capes)


O consultor de Comunicação Institucional da Petrobras, Rodrigo Diullas Sperandion, falou do orgulho da empresa em participar do movimento nacional de estímulo à pesquisa científica. "[A Febrace] está focada na criatividade, no empreendedorismo e na inovação. Com base nesses três pontos nossa empresa tem se destacado internacionalmente na inovação tecnológica. Tenho certeza que em um futuro próximo vocês serão os pesquisadores que estarão atuando lá", concluiu.

 

Marco Antonio Pellegrini, secretário adjunto da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, falou da satisfação de ver vários projetos voltados a pessoas com necessidades especiais. "Ver que vocês estão focando suas pesquisas na busca de uma melhor qualidade de vida para essas pessoas mostra o quanto avançamos socialmente, pois há poucos anos não víamos esta preocupação."

Já o vice-reitor da USP, Hélio Nogueira da Cruz, frisou que todos os estudantes e professores estão no "caminho que o país precisa".

 

Febrace-mar13-046 WEB
Ildeu de Castro ressalta a importância da ciência para a melhoria da qualidade de vida das pessoas (Foto: Fabiana Santos - CCS/Capes)


Painel 1

Fernanda Litvin, da Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica da Capes, apresentou no primeiro painel da feira as principais ações da coordenação, que por mais de cinco décadas atuou somente com a pós-graduação. Em 2007, a Capes recebeu uma nova atribuição – a de contribuir para a melhoria da qualidade da formação de professores da educação básica. "A Capes passou então a atuar com programas que articulam a interação universidade/escola, promovendo uma vivência e construção do conhecimento de forma coletiva."

 

Foram abordados os programas voltados à formação dos docentes, como o Programa Institucional de bolsas de iniciação à Docência (Pibid), o Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor), Novos Talentos e o Observatório da Educação (Obeduc), entre outros.

Sobre o edital, fruto de parceria entre a Capes e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que apoia feiras de ciência, entre elas a Febrace, Litvin falou que esta será uma ação com permanente apoio, pois permitem a reunião de professores e estudantes entusiasmados. "A Capes reconheceu nessa estratégia o estímulo ao ingresso de estudantes nas áreas tecnológicas, oportunidades de inserção social e melhora da qualidade da educação básica nas escolas em várias partes do país", concluiu.

 

Febrace-mar13-058 WEB
Estande da Capes estará disponível para visita até quinta-feira, 14 (Foto: Fabiana Santos - CCS/Capes)


Exposição

A Capes participa da feira com estande localizado na tenda de exposições da Febrace. No local estão sendo divulgadas informações sobre os programas voltados à formação dos docentes do ensino básicos, além de informações sobre bolsas de estudo no país e no exterior.

 

Febrace
A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista, que todo ano realiza na Universidade de São Paulo uma grande mostra de projetos. São objetivos da Febrace: estimular novas vocações em ciências e engenharia por meio do desenvolvimento de projetos criativos e inovadores; aproximar as escolas públicas e privadas das universidades, criando oportunidades de interação espontânea entre os estudantes e professores das escolas com a comunidade universitária (estudantes, professores, funcionários), para uma melhor compreensão dos papéis das universidades em ensino, pesquisa, cultura e extensão; e criar uma oportunidade para jovens pré-universitários brasileiros entrarem em contato com diferentes culturas e estarem próximos de reconhecidos cientistas.

Acesse o site da Feira.

Coordenação de Comunicação Social da Capes
Fonte Coordenação de Comunicação Social da Capes 13/03/2013 ás 14h

Compartilhe

Aberta 11ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia