A fitoterapia no tratamento da Artrite Reumatóide

Fonte es.ti.lo press 04/02/2010 às 15h

Se antes muitos pensavam que tratamentos com plantas eram coisas da vovó, de gente do interior ou dos índios, hoje é bem diferente. Cada vez mais as pesquisas comprovam o efeito curador de algumas espécies da flora.  A diferença é que hoje quem mora em grandes cidades não precisa colher as folhas, cascas, raízes ou flores no meio da mata para então usufruir do benefício da planta, os frascos com cápsulas de fitoterápicos já estão nas farmácias e são receitados pelos médicos.

 

Existem muitos estudos clínicos sobre o uso de plantas no tratamento de doenças e testes já comprovaram sua eficiência. “A Fitoterapia tem evoluído e o número estudos na área de fitomedicamentos também aumentou, comprovando a eficácia desses produtos. Esse fato aliado à regulamentação do setor que procura garantir a qualidade em toda cadeia produtiva, levou ao fortalecimento da confiança na eficácia e na segurança dos fitoterápicos, por parte da classe médica, aumentando assim a prescrição dessa classe de medicamentos.”, explica a Dr. Aparecida Rocha , gerente de garantia da qualidade do Laboratório Vitalab.

Entre as enfermidades que podem ser tratadas com plantas está a Artrite Reumatóide, uma doença inflamatória crônica que pode afetar várias articulações. A causa é desconhecida e acomete as mulheres entre 30 e 40 anos duas vezes mais do que os homens. Os principais sintomas são dor, edema, calor e vermelhidão em qualquer articulação do corpo. 

O tratamento para Artrite Reumatóide varia de acordo com o estágio da doença, sua atividade e gravidade. Os antiinflamatórios são a base do tratamento seguidos de corticóides para as fases agudas e drogas modificadoras do curso da doença, a maior parte delas imunossupressoras. A fisioterapia e terapia ocupacional auxiliam também no tratamento. “Como uma opção de tratamento, encontramos na Fitoterapia, plantas indicadas para o tratamento dessas doenças. Entre elas temos a Uncaria tomentosa, conhecida popularmente como Unha de Gato, indicada para tratamentos dos processos inflamatórios articulares. Temos também o Harpagophytum procumbens, conhecida como Garra do Diabo devido ao formato da sua raiz, indicado para artrose, artrite, tendinites e auxiliar no tratamento da gota.”, detalha Rocha.

Para conhecer mais acesse http://www.vitahervas.com.br.

es.ti.lo press
Fonte es.ti.lo press 04/02/2010 ás 15h

Compartilhe

A fitoterapia no tratamento da Artrite Reumatóide