A Chancelaria mexicana manifestou sua preocupação pelo aumento de expulsões de seus cidadãos do território espanhol

Fonte Ansa flash 01/06/2012 às 20h
A Chancelaria mexicana manifestou sua preocupação pelo aumento de expulsões de seus cidadãos do território espanhol sob o argumento de que não cumprem com requisitos administrativos estabelecidos pelo governo ibérico.

O número de casos de visitantes mexicanos recusados, retidos e posteriormente repatriados tem aumentado na chegada aos aeroportos de Madri e Barcelona, o que "claramente não reflete os excelentes níveis de amizade e cooperação que existem entre México e Espanha", indicou o órgão.

A Chancelaria destacou, em comunicado, que expôs a questão nos diversos contatos de alto nível, em especial durante a 10ª Comissão Binacional México-Espanha, que aconteceu na semana em Madri. Na ocasião, a ministra mexicana das Relações Exteriores, Patrícia Espinosa, reivindicou uma solução ao problema.

Segundo as autoridades mexicanas, o objetivo da maior parte dos visitantes de seu país é "realizar atividades turísticas, acadêmicas, de negócios ou reencontrar familiares, motivo pelo qual estes requisitos não deveriam ser aplicado".

A parte espanhola se oferece para tratar o tema com a urgência pedida, a fim de oferecer uma solução viável e evitar detenções injustificadas em aeroportos, indicou o comunicado.
Ansa flash
Fonte Ansa flash 01/06/2012 ás 20h

Compartilhe

A Chancelaria mexicana manifestou sua preocupação pelo aumento de expulsões de seus cidadãos do território espanhol