Workshop debate potencial biotecnológico da Caatinga

Fonte Ascom do Insa 06/05/2013 às 13h
 
 
O Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTI) promove nesta terça-feira (7), em Campina Grande, o 4º Workshop Potencial Biotecnológico da Caatinga, com o objetivo de discutir a biodiversidade e o potencial desse bioma. O evento também representa o marco inicial para a consolidação do Núcleo de Bioprospecção e Conservação da Caatinga (NBioCaat).

 

Parte das comemorações ao Dia Nacional do Bioma Caatinga, celebrado em 28 de abril, o encontro é promovido pelo Insa, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), pelo departamento de Combate à Desertificação do Ministério do Meio Ambiente (DCD/MMA) e pela Rede Nanobiotec Brasil/Capes.

Participam do workshop pesquisadores, gestores de políticas públicas, ambientalistas, estudantes de graduação e pós-graduação, representantes de órgãos de fomento e de organizações da sociedade civil.

Para acessar a programação clique aqui.

Sobre o núcleo

O Núcleo de Bioprospecção e Conservação da Caatinga (NBioCaat) foi criado pelo Insa, em parceria com a UFPE e diversas instituições de pesquisa, articuladas conforme suas especialidades.

Os trabalhos estarão voltados à busca de moléculas bioativas de plantas da Caatinga que têm despertado o interesse de pesquisadores em função de suas potenciais atividades biológicas, tais como: antimicrobiana, tóxica e citotóxica, antitumoral, mitogênica, anti-inflamatória, cicatrizante, analgésica e anti-veneno.

Espera-se que os resultados científicos obtidos com a criação do núcleo também contribuam para o estabelecimento de políticas de desenvolvimento científico e de inovação tecnológica, a partir do potencial florístico do Semiárido brasileiro.

 

 

Ascom do Insa
Fonte Ascom do Insa 06/05/2013 ás 13h

Compartilhe

Workshop debate potencial biotecnológico da Caatinga