Wine Run traz lucro para a Serra Gaúcha e abre portas na região para patrocinadores

Fonte Local da Comunicação 14/04/2013 às 20h

 

Inserida no universo das chamadas corridas temáticas, a prova também atrais pessoas interessadas em comer, beber e fazer turismo

São Paulo - No dia 4 de maio, o Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, receberá uma legião estimada em 1200 corredores, atraídos para a segunda edição da Wine Run. A prova, que contempla percurso de 21 Km (meia maratona), percorrido individualmente, em dupla ou trio, cresceu 400%, comparada à edição passada. Mas não foi só o número de competidores que cresceu. O evento também terá 30% mais patrocinadores e apoiadores em relação a 2012, firmando-se como importante ferramenta de divulgação das marcas da região, associadas à cultura do vinho.

Além desses atletas, predominantemente amadores, que correm pelo simples prazer de praticarem o exercício que gostam, a região receberá ainda visitantes interessados em acompanhar a prova. E, claro, em provar a comida e os vinhos do lugar. A expectativa é de que esse movimento maior no período do evento gere lucros em torno de R$ 2 milhões, num único final de semana, para os mais diferentes ramos, como rede hoteleira, restaurantes, loja e vinícolas da região.

"O mercado de corrida de rua no Brasil tem 5 milhões de praticantes e movimenta R$ 3,5 bilhões por ano. Parte desse público se identifica com provas associadas ao turismo, como é o caso da Wine Run", explica Freddy Carvalho, gerente de marketing da competição.

As chamadas corridas do vinho existem há alguns anos na Europa e Estados Unidos. No Brasil, a Wine Run é pioneira nesse segmento. E, segundo os organizadores, é adequado à cultura e perfil do brasileiro. Além de movimentar a economia da Serra Gaúcha, dá maior exposição à região e às marcas associadas, abrindo uma frente para os patrocinadores na indústria local que envolve esporte e turismo.
"O marketing esportivo oferece oportunidades pontuais para as empresas fazerem algo diferente para atrair o consumidor. As vinícolas, por exemplo, oferecem cupons de desconto de seus produtos no kit que o corredor recebe", conta Freddy Carvalho. "Um evento temático como o nosso tem por objetivo maximizar a associação das empresas participantes ao mercado de vinho e está inserida em um contexto mais amplo que envolve também as atrações turísticas da Serra Gaúcha e festas típicas da região, como a do espumante".

A Caixa Econômica Federal, que investe no atletismo brasileiro e apoia eventos esportivos em geral em todo o País, é um exemplo de patrocinador que mergulha nesse filão e coloca sua marca na Wine Run. "Essa competição é uma oportunidade que surgiu trazendo ações diferenciadas para um público selecionado. Dentro do universo das corridas de rua, é difícil encontrarmos algum projeto como esse que se destaque com diferencial tão específico e especial", atesta Simone Castelo Branco, gerente nacional de marketing esportivo da Caixa.

Com realização da Zenith Marketing e da Revista Adega, a Wine Run 2013 também conta com o apoio de IBRAVIN, Suco de Uva do Brasil, Aprovale, MIOLO, Casa Valduga, Aurora, Perini, Pizatto, RIO SOL, Dall Onder, SHRBS, FRUKI, Bento Convention Bureau, Parque Vivatto, Gambatto Sul, Prefeitura de Bento Gonçalves, Prefeitura de Garibaldi e Secretaria de Esportes e Lazer RS.

A Wine Run Brasil terá largada às 8h30 do dia 4 de maio, na Vinícola Aurora (rodovia RS 444), no município de Bento Gonçalves. O prazo limite de chegada é 12 horas, na Via Trento, no campo de futebol em frente à subprefeitura do mesmo município. As inscrições se encerraram no último dia 8, quando a corrida chegou ao seu número limite de 1.200 competidores.

Mais informações em www.winerun.com.br
www.facebook.com/WineRunBrasil

Local da Comunicação
Fonte Local da Comunicação 14/04/2013 ás 20h

Compartilhe

Wine Run traz lucro para a Serra Gaúcha e abre portas na região para patrocinadores