Whirlpool reduz em 550 mil toneladas a emissão de gás carbônico por ano

Fonte In Pres Porter Novelli 22/05/2013 às 15h

Toda linha de montagem da Unidade Joinville passa a utilizar o gás
cicloisopentano, alternativa ecológica para a produção de refrigeradores

A Whirlpool Latin America, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, acaba de concluir a conversão da última linha de montagem do projeto da Unidade Joinville para uso do gás cicloisopentano, hidrocarboneto utilizado como alternativa ecológica na produção de refrigeradores. O cicloisopentano é utilizado no isolamento térmico da geladeira. Com essa conversão, a Whirlpool deixa de emitir 550 mil toneladas de gás carbônico por ano, valor equivalente a mais de 90 mil árvores.

Iniciada em 2004, a mudança contemplou ao todo sete linhas. "O compromisso da Whirlpool com o meio ambiente está presente desde nossos fornecedores até o produto final. Esse processo conta, hoje, com o que há de mais inovador no setor", lembra Elio Lopes, líder de projetos de Manufatura da Unidade Joinville e responsável por este projeto em específico.

Amplamente utilizado em países europeus, o cicloisopentano é previamente misturado fora das instalações fabris e utilizado dentro da fábrica em baixa concentração, quantidade necessária para a reação química para a produção do isolamento térmico do refrigerador.

In Pres Porter Novelli
Fonte In Pres Porter Novelli 22/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Whirlpool reduz em 550 mil toneladas a emissão de gás carbônico por ano