Voluntários vivem paixão pelo esporte na Copa do Mundo de Pentatlo Moderno

Fonte Ascom - Ministério do Esporte 25/03/2013 às 10h


Dentro das arenas, atletas vivem e colhem a dedicação a cinco modalidades. Fora delas, homens e mulheres vivem e colhem a paixão que é unânime entre eles: o esporte. A cultura do voluntariado vem se disseminando no Brasil devido ao ciclo de realização de grandes eventos esportivos. Durante os dias de competições da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno, ocorrida de 20 a 24 março, no Complexo Esportivo de Deodoro, no Rio de Janeiro, eles estavam presentes, identificados como os profissionais "dos uniformes azuis".

Entre os aficionados por eventos esportivos que contribuíram com o sucesso do evento estava Rosana Monteiro, de 48 anos. Bióloga de formação e dona de sorriso fácil, a ex-atuante em medicina nuclear decidiu, com os Jogos Pan-Americanos e os Jogos Parapan-americanos do Rio de Janeiro, em 2007, apostar em um novo estilo de vida, que contemplasse sua paixão por esportes e eventos. Começava um ciclo que, desde então, não parou mais. Voluntária há seis anos, Rosana traz na bagagem a experiência em mais de cem eventos esportivos de diversas modalidades, dos Jogos Escolares da Juventude até mundiais como o que ocorreu na última semana em Deodoro.

Mas o que, segundo ela, não pode faltar mesmo nesta bagagem são as pessoas e suas peculiaridades. "Essa história de que `quanto mais conheço as pessoas, mais amo meu cachorro` não existe para mim", brinca, emendando que "todos têm suas vantagens e defeitos" e que gosta de se "relacionar com as pessoas" e se "adaptar a elas". "Nesse meio, conhecemos pessoas que levam o esporte muito a sério, e isso é um mundo de conhecimento que não acaba nunca, a gente não para de trocar informação e de conhecer pessoas interessantes". A expectativa de Rosana é atuar este ano na Copa das Confederações da FIFA, depois na Copa do Mundo FIFA 2014, culminando nos Jogos Olímpicos e nos Jogos Paraolímpicos de 2016. "Dos Jogos Pan-Americanos para cá, virou vício e não consegui mais largar essa vida. Os atletas são exemplos para crianças de todo o Brasil, e esta é minha pequena colaboração", finaliza.

Brasil Voluntário

O Programa Brasil Voluntário, do governo federal, está selecionando 7 mil pessoas para atuar na Copa das Confederações da FIFA, em junho próximo. Elas vão atuar nas seis cidades-sede (Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador). Outros 4.500 voluntários de Brasília e do Rio de Janeiro, em conjunto com os voluntários selecionados pela FIFA, irão atuar nas cerimônias de abertura e encerramento em 2013. O segundo processo seletivo, que ocorrerá logo após a Copa das Confederações, vai selecionar ainda mais voluntários para atuar nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo da FIFA 2014. Mais informações em www.brasilvoluntario.gov.br

Ascom - Ministério do Esporte
Fonte Ascom - Ministério do Esporte 25/03/2013 ás 10h

Compartilhe

Voluntários vivem paixão pelo esporte na Copa do Mundo de Pentatlo Moderno