Volkswagen do Brasil investe R$ 300 milhões na Armação da Saveiro e amplia a capacidade de produção

Fonte Imprensa Volkswagen do Brasil 19/08/2014 às 21h
• Investimento total eleva a capacidade de produção da picape em mais de 50%
• A Nova Armação da Saveiro conta agora com 168 robôs de nova geração
• Do total investido na área de Armação da Saveiro R$ 50 milhões foram destinados para a Nova Saveiro Cabine Dupla, que acaba de chegar ao mercado


A Volkswagen do Brasil acaba de implementar o investimento de R$ 300 milhões na área de armação de carroceria da Saveiro na fábrica Anchieta. A primeira fase do investimento foi anunciada em 2013, no valor de R$ 250 milhões, para a produção da Nova Saveiro nas versões cabine simples e estendida. Agora, a segunda fase também está concluída, totalizando R$ 50 milhões adicionais na linha da Armação para a chegada da Saveiro Cabine Dupla.

Esse investimento proporcionou a aquisição de 17 novos robôs de nova geração, acrescentados ao processo. Com isso a linha da Armação da Saveiro conta hoje com um total de 168 desses robôs, com aumento considerável de desempenho já que são 10% mais rápidos e 15% mais leves do que os da geração anterior. Também sistemas de solda que garantem eficiência de 99,9%, sistemas on-line de medição a laser, o que configura esta linha de produção como a mais moderna, automatizada e precisa do País para a produção de veículos comerciais.

O investimento também foi aplicado em novos dispositivos, testes e construção de novas estruturas de produção. Na primeira, em 2013, a capacidade de produção da picape aumentou em 30%. Agora, com a segunda fase do investimento para a chegada da Saveiro Cabine Dupla, a capacidade de produção foi ampliada em mais 20%. Desde o início do investimento, o aumento da capacidade do modelo é superior a 50%.

Além de toda a tecnologia de ponta implementada, a flexibilidade desta linha pode acompanhar a demanda das três versões de carrocerias. A Saveiro é produzida exclusivamente na fábrica de São Bernardo do Campo (SP).

A nova linha de Armação já foi planejada dentro dos mais modernos modelos de garantia de qualidade dimensional e robustez da Volkswagen. Com a mais alta tecnologia disponível na indústria automotiva mundial, a armação é a mais avançada da Volkswagen do Brasil.

“A Armação da Nova Saveiro proporcionará mais agilidade e flexibilidade à produção das três versões do modelo ao mesmo tempo: cabine simples, cabine estendida e cabina dupla. Isso reforça a preocupação da marca com a mais alta tecnologia global e princípios sustentáveis”, afirmou o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

Inovações tecnológicas

A Armação da Nova Saveiro oferece diversas inovações tecnológicas inéditas no Brasil, como por exemplo, as pinças de solda controladas por um sistema chamado IQR que monitora os parâmetros de solda e permite que os pontos de solda sejam liberados somente quando os valores estabelecidos estiverem alcançados, garantindo a qualidade dos pontos e a estrutura da carroçaria favorecendo a qualidade e a eficiência. Além disso, a pinça de média frequência, comparada às pinças convencionais de 60Hz, necessita de menor corrente e consequentemente menor energia para gerar a fusão das chapas.

A Armação da Nova Saveiro conta com um equipamento altamente inovador, inédito no Brasil, onde é feita a geometria da plataforma do veículo (assoalhos dianteiro e traseiro e longarinas dianteiras). “O equipamento oferece flexibilidade para o processo de montagem, pois permite que diferentes modelos possam ser armados na mesma linha, com total garantia de qualidade e eficiência”, explicou Placeres.

O fechamento da carroceria da Saveiro é realizado em outro equipamento "Framer", que está em sua 3ª geração e é único no Brasil. Esse equipamento, onde são soldadas as laterais na plataforma e o teto da carroceria, oferece ganho de 15%, em relação à geração anterior, do tempo necessário de preparação para produzir modelos diferentes, além de permitir modificações sem parada de linha.

Outra inovação no Brasil é a implantação do padrão VASS de padronização elétrica e de comunicação mais robusta e rápida entre todos os equipamentos eletrônicos da nova Armação, que também facilita e agiliza a manutenção.

A Armação ainda inclui outra novidade no processo produtivo brasileiro: o uso de robôs com projetores de laser para fazer a medição das dimensões da carroceria "on line". Esses dados são enviados imediatamente para a área de monitoramento, garantindo um controle de qualidade ainda mais preciso durante o processo produtivo.

O investimento também contemplou a implantação de sistemas transportadores (mais de 2 km), que levam as carrocerias da Nova Saveiro à área de Pintura da fábrica.

Sustentabilidade no processo produtivo

O aspecto sustentável é outro diferencial da Armação da Nova Saveiro. A alta tecnologia de solda permite economizar energia elétrica por conta da utilização de pinças de média frequência (1.000 Hz) em toda linha, tanto nos robôs como nos equipamentos operados manualmente. Essas pinças consomem 30% menos de energia e ainda permitem ganho de precisão e qualidade de solda.

As instalações da área também foram projetadas para contribuir com o meio ambiente. O espaço dispõe de luminárias econômicas, teto de policarbonato transparente, favorecendo a utilização de luz natural, e pintura branca, que clareia o ambiente, minimizando a necessidade de iluminação artificial.

Projeto foi desenvolvido com tecnologia digital inovadora

O projeto da nova Armação da Anchieta, exclusiva para a Nova Saveiro, foi desenvolvido com auxílio da "Fábrica Digital", uma tecnologia do Grupo Volkswagen que consiste em um conjunto de softwares adaptados para simular virtualmente os processos produtivos, antes da implementação física. A “Fábrica Digital” auxiliou nos trabalhos de flexibilização da Nova Armação (permitindo que a área esteja apta para produzir vários modelos diferentes) e de otimização do fluxo logístico.

“A Fábrica Digital permite realizar simulações, que garantem a definição do melhor e mais robusto processo produtivo, minimizando o prazo de implementação, otimizando o tempo de fabricação e balanceamento da linha, além de promover a melhoria da ergonomia, levando à excelência os movimentos do trabalhador e gerando maior produtividade”, afirmou o diretor de Engenharia de Manufatura da Volkswagen do Brasil, Celso Placeres.


Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br
Imprensa  Volkswagen do Brasil
Fonte Imprensa Volkswagen do Brasil 19/08/2014 ás 21h

Compartilhe

Volkswagen do Brasil investe R$ 300 milhões na Armação da Saveiro e amplia a capacidade de produção