Vitória brasileira em Bangcoc: aprovada proposta de controle do comércio de espécies de tubarões

Fonte Ascom/Ibama 15/03/2013 às 9h

Brasília  - Com o apoio de mais de 120 países, foi aprovada a proposta brasileira de maior controle do comércio de três espécies de tubarão-martelo (Sphyrna mokarran, Sphyrna lewini, Sphyrna zygaena), todos ameaçados pelo comércio internacional de nadadeiras, usadas nas famosas "sopas de barbatanas", iguaria da culinária Oriental. Os animais foram incluídos no Anexo 2 da 16ª Conferência da Convenção sobre Comércio Internacional das Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção (Cites), que terminou ontem (14) em Bangcoc, na Tailândia.

O Brasil também foi coautor da proposta de inclusão, no Anexo 2, dos tubarrões galha-branca (Carcharhinus longimanus) e sardo (Lamna nasus) e de duas espécies de raias, a jamanta (Manta birostris) e a manta de recife (Manta alfredi).

Uma boa articulação de governo levou o Brasil à conquista de um dos acordos ambientais mais importantes da Convenção. Outros países haviam proposto anteriormente, na COP 15, o controle do comércio para essas mesmas espécies e não alcançaram êxito. A construção conjunta Ibama e ICMBio da proposta técnica e do informe, que foram os documentos apresentados e defendidos na COP-16, a articulação política do Ministério do Meio Ambiente e a atuação do Ministério das Relações Exteriores resultaram na conquista de mais de dois terços dos votos necessários para emplacar a proposta.

Esta é a primeira medida em escala global importante para estas espécies. Com a decisão, o comércio internacional começará a ter algum controle, o que permitirá a obtenção de dados e a adequação desse comércio à capacidade de suporte dessas espécies, cujo papel biológico é fundamental.

A diretora de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas, Hanry Coelho, acredita que "o esforço conjunto, somado a uma boa articulação (interna e externa) e a uma boa proposta técnica, levou o Brasil a aprovar a importante medida." O Ibama foi representado pelas analistas ambientais Claúdia Melo e Wanda Carvalho - na foto, com os demais membros da delegação brasileira.

 

Ascom/Ibama
Fonte Ascom/Ibama 15/03/2013 ás 9h

Compartilhe

Vitória brasileira em Bangcoc: aprovada proposta de controle do comércio de espécies de tubarões