Via Anchieta tem 24 quilômetros de congestionamento, após decisão da prefeitura de Cubatão

Fonte Agência Brasil 28/05/2013 às 15h

 

São Paulo - A Via Anchieta, que liga a Baixada Santista à capital, registra 24 quilômetros de congestionamento, de acordo com balanço divulgado às 11h de hoje (28). Está parado o tráfego da rodovia do quilômetro (km) 31 ao km 55, no sentido litoral, e do km 64 ao km 55, no sentido São Paulo.

O congestionamento é resultado de decisão da prefeitura de Cubatão, que proibiu – por decreto – que os pátios reguladores do fluxo de caminhões em direção ao Porto de Santos operem no período noturno (das 18h às 8h). Com o fechamento dos pátios, os caminhões formam filas na Rodovia Cônego Domênico Rangoni em direção à Via Anchieta.

A prefeitura de Cubatão – município situado na região metropolitana da Baixada Santista - justificou que a medida visa a evitar engarrafamentos nos limites municipais provocado pelo excesso de caminhões que se dirigem ao Porto de Santos e se utilizam dos pátios reguladores.

Logo mais, às 13h30, representantes das prefeituras de Cubatão e Santos, da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e também da Ecovias, concessionária que administra a Via Anchieta, se reúnem para tentar resolver o problema.

De acordo com a Ecovias, o congestionamento começou por volta das 22h de ontem (27) em função do fechamento dos pátios reguladores, um serviço credenciado pela Codesp.

Na Cônego Domênico Rangoni, que dá acesso ao Guarujá, o congestionamento vai do km 270 ao km 268 em direção ao Guarujá. A alternativa para os carros de passeio é a utilização da Rodovia Imigrantes, que segundo a Ecovias tem boas condições tanto para subida quanto para descida da Serra do Mar.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 28/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Via Anchieta tem 24 quilômetros de congestionamento, após decisão da prefeitura de Cubatão