Vela oceânica: Barco SER Glass Eternity aposta na velocidade para ser campeão brasileiro de HPE

Fonte Local da Comunicação 21/04/2013 às 21h

 

Após correr com os melhores do País na Copa Suzuki Jimny, equipe de Marcelo Bellotti intensificará os treinamentos para a competição nacional

Ilhabela - A tripulação do SER Glass Eternity, comandado por Marcelo Bellotti, definiu sua estratégia para conquistar o título do Campeonato Brasileiro de HPE, que será disputado a partir do dia 18 de maio, em Ilhabela (SP). Os atletas terão um mês de treinamento para aumentar ainda mais a velocidade do barco. A equipe participou da primeira etapa da Copa Suzuki Jimny de vela oceânica e conseguiu mostrar que está na briga pelo título nacional. "Somos os mais rápidos da raia ao lado do Twister (Marcos de Oliveira), analisando a flotilha que disputou a primeira etapa Copa Suzuki Jimny. Mesmo assim, vamos investir em treinamento, em maio, para melhorar esse e outros fundamentos, como contorno de boia", relatou Marcelo Bellotti.

A largada também será alvo dos treinos. "É um fundamento que representa 70% de uma regata de HPE. Sair bem é fundamental para o resultado e, como nosso barco é rápido, a chance de ficar entre os primeiros é alta", disse Marcelo Bellotti.

Na abertura da Copa Suzuki Jimny, em Ilhabela, o SER Glass Eternity ficou em oitavo lugar, vencendo uma regata das sete disputadas. O vencedor foi o Relaxa Next/Caixa. O outro veleiro da equipe SER Glass, o 10 anos, ficou na 16ª posição.

O circuito terá outras três etapas e a próxima é o Warmup para os dias 8,9,15 e 16 de junho, no Yacht Club de Ilhabela (YCI). "Essa primeira etapa da Copa Suzuki Jimny serviu para testar as mudanças na tripulação para 2013. Houve alterações de funções e isso demanda tempo para entrosar. Mesmo assim conseguimos andar rápido. Vamos com tudo para o Brasileiro", disse Diogo Aguiar. O SER Glass Eternity conta também com Hélio Rubens Mateus (proa) e Duda Molina (Genoa e a gestão de manobras) e Marcelo Bellotti (comandante).

Resultado final, após sete regatas e um descarte
1 - Relaxa Next/Caixa (Maurício Santa Cruz) - 20 pontos perdidos (1+7+[12]+1+9+1+1)
2 - Ginga (Breno Chvaicer) - 26 pp (3+5+9+3+3+3+[19])
3- Repeteco (Fernando Haaland) - 27 pp (8+1+7+2+1+[12]+8)
4 - Fit to Fly (Eduardo Mangabeira) - 27 pp (9+2+2+[16]+2+2+10)
5 - Bixiga (Pino de Segni) - 30 pp (6+3+5+8+[19]+6+2)
6 - SX4/Bond Girl (Rique Wanderley) - 31 pp (4+10+3+4+4+[13]+6)
7- Jimny Take Ashauer (Casio Ashauer) - 32 pp (2+4+8+[13]+6+5+7)
8 - SER Glass Eternity (Marcelo Bellotti) - 41 pp (5+6+1+11+7+11+[14])
9 - Artemis (Mark Essle) - 53 pp (10+[15]+11+9+11+7+5)
10 - Aventura (José Octavio Vita) - 53 pp (12+9+[14]+7+8+8+9)
16 - SER Glass 10 anos (Trajano Kelmer) - 80 pp (13+13+10+[17]+16+16+12)

Sobre a SER Glass

A SER Glass é fabricante do vidro blindado Eternity e está no mercado desde 2005. Aliando estudos e tecnologia, em 2009 a empresa iniciou a produção de vidros blindados cuidadosamente testados e que obedecem aos mais rígidos padrões de qualidade e tecnologias mundiais.

Atualmente, a SER Glass absorve cerca de 15% da produção nacional de vidros blindados e desenvolve cerca de 10 modelos de novos veículos a cada mês. É a única no país com equipamentos e softwares para montar projetos dos vidros blindados em 3D. Além disso, é a primeira empresa do Brasil a oferecer 10 anos de garantia contra a delaminação do vidro.

A fábrica, localizada em São Bernardo do Campo (SP), possui uma área de mais de 10 mil metros quadrados e segue em suas instalações todos os requisitos de segurança, normas ambientais e padrões internacionais de laboratório.

Local da Comunicação
Fonte Local da Comunicação 21/04/2013 ás 21h

Compartilhe

Vela oceânica: Barco SER Glass Eternity aposta na velocidade para ser campeão brasileiro de HPE