Vacina protege contra os três principais vírus da gripe

Fonte Ascom - MS 19/05/2012 às 13h
 segura e não oferece risco à saúde. Em todo o país, a campanha acontece até o dia 25 de maio

A vacina contra a gripe é segura e protege contra os três vírus que mais circularam no Brasil e hemisfério Sul no ano anterior, entre eles o da influenza A (H1N1). A gripe é diferente do resfriado. É uma doença grave, contagiosa, causada pelo vírus influenza e com tendência de se disseminar facilmente. Já o resfriado é menos agressivo, de menor duração e é causado por outro vírus. Seguindo recomendação da Organização Mundial da saúde, deste o dia 5 deste mês o Ministério da Saúde, em parceria com as secretarias estaduais e municipais de saúde, realiza a campanha nacional que irá até o dia 25 de maio.

Em todo o país, até a manhã desta sexta-feira, já foram vacinados 12,9 milhões de pessoas, o que representa 43% do público-alvo. A população total a ser vacinada é de 30,1 milhões e a meta é alcançar 80% do grupo prioritário, que corresponde a 24,1 milhões de pessoas. Este grupo inclui pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde que fazem atendimento a população com infecções respiratórias, crianças entre seis meses e menores de dois anos, gestantes em qualquer fase da gravidez e povos indígenas.

A coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, Nair Florentina de Menezes, ressalta que a vacina é segura e bem tolerada. Segundo ela, a ideia de que a pessoa pode ficar gripada após tomar a vacina, é um mito. “Elas são constituídas por vírus inativados, o que significa que contêm somente vírus mortos e há comprovação que não podem causar a gripe”, afirma ela.

A coordenadora recomenda que as pessoas procurem uma unidade de saúde para se vacinarem contra gripe, antes do término da campanha. “Com a proximidade do inverno, o ideal é se prevenir o mais cedo possível”, alerta Nair, lembrando que a vacina é gratuita para o público prioritário, estando disponível nos postos de saúde de todo o país.

A vacina só não é recomendada para pessoas com história de alergia severa à proteína do ovo de galinha, assim como a qualquer componente da vacina. Os casos devem ser avaliados por um profissional de saúde. Quem se vacinou no ano passado, também precisa receber a dose em 2012. Isso porque a imunidade dura, em média, um ano.

PARCIAL – Até o momento, o maior alcance foi verificado entre o público infantil. Já foram vacinadas mais de 2,1 milhões de crianças, o que corresponde a 50,2% deste público-alvo, que é de 4,3 milhões. Quase 2,5 milhões de trabalhadores de saúde também foram vacinados, atingindo uma cobertura vacinal de 41,1% em relação ao total, que é de 2,4 milhões de pessoas.

Também procuram os postos de saúde 854,2 mil gestantes, correspondendo a 39,5% do total de futuras mães, que é de 2,1 milhões de mulheres. Entre os idosos, quase 8,8 milhões já receberam a dose da vacina contra a gripe, resultando em uma cobertura vacinal de 42,7% do total, que é de 20,5 milhões.

A população indígena recebeu 176,8 mil doses da vacina, o que corresponde a 30,1% dos povos indígenas, somados em 586,6 mil pessoas. Neste público, a vacinação ocorre nas aldeias onde eles vivem. Trata-se de uma população que habita áreas remotas, de difícil acesso, razão pela qual os dados só são inseridos no sistema de informações depois que as equipes retornam das aldeias.

A campanha deste ano tem como lema “proteger é cuidar”. O Ministério da Saúde distribuiu aos estados e ao Distrito Federal, 31,1 milhões de doses da vacina e repassou R$ 24,7 milhões do Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos fundos estaduais e municipais. Esses recursos são usados para custear a infraestrutura das campanhas, como a aquisição de seringas e agulhas, o deslocamento das equipes e o material informativo distribuído. Cerca de 240 mil profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) estão envolvidos na ação.

 

Balanço Parcial da Vacinação contra a Gripe 2012

       

UF

Total

População

Doses

Cobertura

AC

109.848

58.510

53,26

AM

575.873

226.603

39,35

AP

82.404

40.567

49,23

PA

981.169

391.148

39,87

RO

201.219

82.413

40,96

RR

103.990

24.489

23,55

TO

202.080

101.223

50,09

AL

452.944

233.021

51,45

BA

2.158.077

921.879

42,72

CE

1.312.364

508.614

38,76

MA

962.715

403.150

41,88

PB

636.595

263.013

41,32

PE

1.378.653

592.719

42,99

PI

487.772

236.648

48,52

RN

484.349

235.550

48,63

SE

294.608

126.083

42,8

ES

526.613

254.869

48,4

MG

3.089.288

1.531.448

49,57

RJ

2.773.591

857.700

30,92

SP

6.827.173

2.738.216

40,11

PR

1.658.911

858.186

51,73

RS

1.918.791

838.743

43,71

SC

915.756

524.069

57,23

DF

322.525

148.131

45,93

GO

835.862

434.453

51,98

MS

427.023

164.869

38,61

MT

425.125

168.370

39,6

Brasil

30.145.318

12.964.684

43,0%

 

Ascom - MS
Fonte Ascom - MS 19/05/2012 ás 13h

Compartilhe

Vacina protege contra os três principais vírus da gripe