Universidade das Quebradas em Rede começa no Rio

Fonte Funarte 02/03/2013 às 11h

Seminário tem início em 5 de março e vai definir ações em rede, no Rio, João Pessoa, Florianópolis e Goiânia

Universidade das Quebradas
Universidade das Quebradas

Experiência inovadora do Programa Avançado de Cultura Contemporânea – PACC – da Universidade Federal do Rio de Janeiro, o projeto Universidade das Quebradas ganha dimensão nacional ao se lançar em rede. A iniciativa conjunta com o Media Lab UFG é uma realização do Programa Rede Nacional Funarte de Artes Visuais – 9a Edição, tendo as Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Universidade Federal de Goiás (UFG) e Universidade Federal da Paraíba (UFPB) como parceiras. O seminário que vai definir as ações em rede se realiza nos dias 5 e 6 de março, no Colégio Brasileiro de Altos Estudos da UFRJ, no Flamengo, Zona Sul da capital fluminense.

O projeto consolida um novo ambiente de troca entre saberes e práticas de criação, articulando experiências culturais e intelectuais produzidas dentro e fora da academia. Por sua vez, o aluno se compromete a compartilhar o conhecimento adquirido em seus grupos e comunidades , dando apoio às novas turmas do projeto. Essa metodologia criada pela Universidade das Quebradas, que toma por base o conceito de ecologia dos saberes de Boaventura de Souza Santos e Felix Guattari, tem se mostrado, nesses quatro anos de existência do projeto, um instrumento pedagógico de ponta e com resultados surpreendentes.

A metodologia utilizada na Universidade das Quebradas em rede é desenvolvida a partir de um estudo preliminar de articulação entre os polos participantes e de um seminário de definição de ações em rede. Em princípio, o modelo metodológico presencial da Universidade das Quebradas será o eixo das ações em rede, que consiste em desenvolver ações concretas e definir estratégias de articulação entre dois eixos de qualificação: o domínio do conhecimento e a conscientização do poder político desta aquisição. O compromisso de disseminação dos resultados obtidos faz parte intrínseca desta metodologia. O programa vem atuando em cinco áreas de produção cultural: literatura, artes visuais, teatro, dança e música .

Os alunos são selecionados a partir de editais, um para cada região parceira . A seleção dos participantes leva em conta, além do potencial do candidato, seu poder como multiplicador desta experiência.

O site do projeto oferece suporte de conteúdo aos alunos e permite a ampliação da troca entre alunos e professores e a multiplicação do conhecimento para os internautas interessados nos temas abordados. Além disso, o site conta com uma videoteca com o registro das aulas e outros vídeos, um link com referências bibliográficas para aumentar o escopo da aula e um banco de projetos dos alunos.

No período de 8 a 10 de maio, será realizado outro simpósio em Goiânia, em atividade conjunta com o projeto Diálogos Arte Ciência, durante o SIIMI 2013 – Simpósio Internacional de Inovação em Mídias Interativas. Mais informações no endereço <medialab.ufg.br/siimi>.

Programa

Seminário inicial
O seminário discutirá ações de abrangência nacional do projeto, organizado pelo Programa Avançado de Cultura Contemporânea – PACC/FCC/UFRJ e pelo Núcleo de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Mídias Interativas da Universidade Federal de Goiás – Media Lab da UFG – e tendo como parceiros: UFPA, UFPB, UDESC e RNP.

5 de março, terça-feira

9h às 12h – Exposição do projeto “Quebradas em Rede”.

14h às 18h – Aula das Quebradas

6 de março, quarta-feira

9h às 12h – Sessão de debates do projeto

14h às 16h – Definição do plano de ação

Local
Colégio Brasileiro de Altos Estudos da UFRJ
Avenida Rui Barbosa, 762 – Flamengo
Rio de Janeiro (RJ)

Março, abril e maio
Ações em rede, para todo o Brasil pela internet, a partir de Belém (PA), João Pessoa (PB), Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC) e Goiânia (GO).

www.universidadedasquesbras.pacc.ufrj.br

Funarte
Fonte Funarte 02/03/2013 ás 11h

Compartilhe

Universidade das Quebradas em Rede começa no Rio