Unicamp recepciona alunos estrangeiros com palestras de orientação, MPB e capoeira

Fonte Imprensa Unicamp 14/08/2014 às 9h

Unicamp recepciona alunos estrangeiros com palestras de orientação, MPB e capoeira

A Unicamp, por meio da Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais (Vreri), organizou, na última terça-feira (12), no Centro de Convenções, solenidade de recepção de boas-vindas aos 180 novos alunos estrangeiros da Unicamp. Além das palestras de orientação e de uma roda de capoeira com Paulo Bombril, o evento contou com apresentação de música popular brasileira com o grupo Os Brazucas. Na solenidade, os estudantes participaram de um sorteio de camisetas e  receberam Kits de orientação para a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

“Nós enviamos, por ano, mais de mil alunos para estudar fora do país e também recebemos,  entre estudantes de graduação e de pós, mais de mil também. É muito importante sistematizar a vinda deles. Nós queremos ter, cada vez mais, estudantes na universidade. Isso é possível graças ao nossos convênios de mobilidade estudantil. Tipicamente, os alunos de graduação ficam um semestre na Unicamp. Os de pós-graduação estão aqui para realizarem mestrado e doutorado. É um prestígio para a Universidade recebê-los”, disse o professor Luiz Francisco de Aguillar Cortez, Vice-Reitor de Relações Internacionais da Unicamp.

Segundo Laura Sterian, coordenadora do Programa de Mobilidade Estudantil da Unicamp, países como a Colômbia e o Peru têm enviado à Unicamp, todos os anos, um número expressivo de estudantes de pós–graduação.  “Eles vem para a Unicamp porque nós somos referência na América Latina em diversas áreas. Isso também possibilita que recebamos um numero considerável de alunos de universidades australianas, americanas, francesas, chinesas etc.”

Marianna Vogt desenvolve suas atividades no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), do Centro de Saúde da Comunidade (Cecom). Falou aos alunos sobre a importância de se prevenir doenças sexualmente transmissíveis como a sífilis e HIV. Como forma de prevenção, esta é a terceira vez que o programa do CTA é passado aos alunos nas solenidades de acolhimento. "Não adianta falarmos só dos preservativos. As pessoas não usam", disse. Além dos serviços oferecidos pelo CTA, os alunos tiveram informações sobre o funcionamento do Serviço de Apoio a Estudante (SAE), do Serviço de Assistência Psicológica e Psiquiátrica ao Estudante (Sappe), e da Diretoria Acadêmica (DAC).

Da mesa de abertura também participaram Eleonora Albano, assessora da Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG) para Assuntos de Internacionalização;  Zilda Rodriguez,  da Diretoria Acadêmica (DAC); José Ricardo Figueiredo, coordenador do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE); Meire Celeste Del Monte, do Centro de Saúde da Comunidade (Cecom), e Valéria Aguillar Castro, do Serviço de Assistência Psicológica e Psiquiátrica ao Estudante (Sappe). 

Imprensa Unicamp
Fonte Imprensa Unicamp 14/08/2014 ás 9h

Compartilhe

Unicamp recepciona alunos estrangeiros com palestras de orientação, MPB e capoeira