União Europeia reitera pedido para investigar uso de armas químicas na Síria

Fonte Agência Brasil 26/04/2013 às 9h

Brasília – A União Europeia pediu hoje (26), mais uma vez, na Organização das Nações Unidas (ONU), que seja autorizada investigação na Síria das suspeitas de uso de armas químicas pelo governo do presidente do país, Bashar Al Assad, e pelos adversários políticos dele. Há dois anos, a Síria está em crise devido às disputas entre as forças leais ao governo e as de oposição.

"Esperamos que um inquérito da ONU seja concluído na área para termos provas", disse Michael Mann, porta-voz da chefe da Diplomacia da União Europeia, Catherine Ashton. "Até ao momento, não é claro [o uso de armas químicas]", acrescentou

"A nossa linha é muito clara: o recurso às armas químicas é absolutamente inaceitável, sejam quais forem as circunstâncias", completou Mann.

Ontem (25) o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, renovou o apelo a Assad para que autorize uma equipe das Nações Unidas a investigar as novas acusações. A ONU informou que há uma equipe pronta para ser acionada no prazo de 24 a 48 horas.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 26/04/2013 ás 9h

Compartilhe

União Europeia reitera pedido para investigar uso de armas químicas na Síria