Unesp lança projeto para resgatar memória do período de ditadura

Fonte Agência FAPESP 10/04/2013 às 7h

O Centro de Documentação e Memória (Cedem) e o Observatório de Educação em Direitos Humanos (OEDH) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) lançaram o projeto de pesquisa “Tenho algo a dizer”, que visa obter depoimentos de docentes e ex-docentes, servidores técnicos e ex-servidores técnicos afetados direta ou indiretamente pelo regime nesse período da nossa história recente.

O projeto, que será conduzido de maio de 2013 a maio de 2014, envolverá a coleta de depoimentos voluntários e documentos, para publicação, que revelem experiências relacionadas à ditadura civil-militar do período de 1964 a 1985 vividas por docentes e funcionários e ex-funcionários da Unesp e dos Institutos Isolados.

A Unesp, criada em 1976, resultou da incorporação dos Institutos Isolados de Ensino Superior do Estado de São Paulo, então unidades universitárias situadas em diferentes pontos do interior paulista. Abrangendo diversas áreas do conhecimento, tais unidades haviam sido criadas, em sua maior parte, em fins dos anos 1950 e início dos anos 1960.

No lançamento do projeto “Tenho algo a dizer”, a Unesp publicou edital para oferecer duas bolsas para pesquisadores. Poderão se inscrever docentes doutores do quadro ativo da Unesp das áreas de História e Ciência Política.

As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de abril em www.cedem.unesp.br (“Editais” no menu à esquerda).

Mais informações: Cedem, (11) 3105-9903, franceli@cedem.unesp.br e OEDH, (14) 3103 6172 / (14) 3103 7053 e oedh@unesp.br.

Agência FAPESP
Fonte Agência FAPESP 10/04/2013 ás 7h

Compartilhe

Unesp lança projeto para resgatar memória do período de ditadura